O que Joe Biden quer fazer em sua primeira semana e meia no cargo

ANÚNCIO

O presidente eleito Joe Biden pode já ter um ambicioso plano de resgate legislativo, mas ele não está esperando que o Congresso comece a abordar o que sua equipe chama de “quatro crises combinadas e sobrepostas” que os Estados Unidos enfrentam.

Biden também planeja um amplo conjunto de ações executivas para lidar com as quatro crises: o coronavírus, a economia, o clima e a justiça racial.

ANÚNCIO

De acordo com um memorando que descreve os primeiros 10 dias do presidente eleito no cargo, enviado pelo chefe de gabinete de Biden, Ron Klain aos novos funcionários seniores da Casa Branca no sábado.

O que Biden planeja fazer em seus primeiros 10 dias

O que Biden quer fazer em sua primeira semana e meia no cargo
 Foto: (Reprodução/ Internet).

A lista do presidente eleito de ações executivas planejadas é “em parte substantiva e em parte simbólica”.

Algumas das medidas, como estender as restrições aos despejos, afetarão milhões de pessoas que estão desempregadas e incapazes de pagar o aluguel devido à pandemia do coronavírus.

ANÚNCIO

Leia também: Donald Trump e seus problemas com as plataformas online

O Congresso estendeu a moratória federal de despejo até o final de janeiro em seu mais recente pacote de alívio Covid-19, que Trump sancionou em dezembro, mas a pandemia não está perto de terminar.

Em vez de alívio de aluguel em larga escala de O Congresso, que Biden também propôs, estender o congelamento dos despejos é um passo importante para evitar que a crise piore ainda mais para cerca de 40 milhões de americanos.

A intenção de mudanças notórias do governo Biden

O que Biden quer fazer em sua primeira semana e meia no cargo
Presidente eleito Joe Biden e a vice presidente eleita Kamala Harris. Foto: (Reprodução/ Internet).

Em seu primeiro dia de mandato, Biden também reverterá a decisão de Trump de 2017 de se retirar do acordo climático de Paris e colocar um fim à proibição de viagens de Trump, que teve como alvo principalmente países de maioria muçulmana e sofreu um sequência de derrotas no tribunal no início da presidência de Trump.

Leia também: O segundo impeachment de Donald Trump, entenda

Além de voltar a aderir ao acordo de Paris, Biden prometeu em dezembro “[convocar] os líderes das principais economias para uma cúpula do clima dentro de meus primeiros 100 dias no cargo” e reafirmou os planos para “colocar o país em um caminho sustentável para alcançar emissões zero até 2050.

Nos dias subsequentes, Biden assinará ações executivas abordando a reabertura de escolas e empresas ao tomar medidas para mitigar a disseminação [da Covid-19] por meio de testes expandidos, protegendo os trabalhadores e estabelecendo padrões claros de saúde pública.

Biden também está preparando uma ambiciosa agenda legislativa

O que Biden quer fazer em sua primeira semana e meia no cargo
 Foto: (Reprodução/ Internet).

No início da transição presidencial de Biden, sua equipe estava encarando a possibilidade de uma presidência sem controle unificado do governo, o que teria deixado a ação executiva como uma das principais alavancas de poder à sua disposição.

Já esta semana, Biden propôs um estímulo econômico de US $ 1,9 trilhão e um plano de alívio Covid-19 – descrito como “uma ponte para a recuperação econômica” – que pede US $ 400 bilhões em financiamento para a resposta ao coronavírus dos EUA e US $ 1 trilhão em alívio direto.

Leia também: Como o Congresso estadunidense pode desqualificar Trump permanentemente do cargo após o impeachment

Após duas vitórias democratas no segundo turno do Senado da Geórgia em 5 de janeiro, no entanto, as coisas parecem um pouco mais animadoras para a agenda legislativa de Biden.

Com os senadores eleitos Jon Ossoff e Raphael Warnock na câmara, cada partido terá 50 votos – e quando a vice-presidente eleita Kamala Harris se tornar o voto de desempate em 20 de janeiro, os democratas terão a maioria.

Embora uma margem tão estreita não facilite as coisas para Biden, especialmente porque democratas moderados como o senador da Virgínia Ocidental Joe Manchin continuam a se opor ao fim da obstrução, isso significa que a agenda de Biden tem uma chance real.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: Vox e Msn

ANÚNCIO