Trump diz que cautela em relação à vacina contra o coronavírus é ‘falsa retórica política’

ANÚNCIO

Donald Trump acusou a candidata democrata à vice-presidência Kamala Harris de usar uma “retórica anti-vacinal imprudente” .

Isso, depois que ela ecoou as preocupações de especialistas médicos e funcionários de saúde pública sobre a eficácia e confiabilidade de uma vacina contra o coronavírus que o presidente prometeu no dia das eleições.

ANÚNCIO

Ele disse que a senadora da Califórnia se baseou em “retórica falsa” por razões políticas, enquanto prometia durante uma coletiva de imprensa na Casa Branca no Dia do Trabalho que os EUA poderiam ver uma vacina contra Covid-19.

O presidente negou ter garantido repetidamente que uma vacina estaria no mercado até 3 de novembro.

Eu disse antes do final do ano,” ele falsamente alegou, momentos depois. “Estou dizendo isso porque queremos salvar muitas vidas. Comigo é quanto mais rápido, melhor.

ANÚNCIO

Veja também: Coronavírus: O que está acontecendo com as admissões nas universidades do exterior?

A senadora Harris, companheira de chapa do candidato democrata à presidência Joe Biden, duvidou da confiabilidade do governo devido aos temores de que o presidente aceleraria a produção de vacinas não testadas antes do dia da eleição, um cronograma que os especialistas médicos disseram ser irrealista.

Veja também: Harris será o principal contra-ataque dos democratas a Trump

Ela também disse à CNN que as preocupações entre as autoridades de saúde no governo serão “amordaçadas, serão reprimidas, serão marginalizadas“.

Fique por dentro: Notícias do Coronavirus: Cientistas afirmam ter encontrado o primeiro paciente reinfectado com Covid-19

“Ele está olhando para uma eleição em menos de 60 dias e está se agarrando a tudo o que puder para fingir que foi um líder nessa questão, quando na verdade não é”, disse ela.

Em uma viagem de campanha à Pensilvânia, Biden disse:

Estou preocupado se tivermos uma vacina realmente boa, as pessoas ficarão relutantes em tomá-la. E assim ele está minando a confiança pública. Mas ore a Deus para que o tenhamos. Se eu pudesse tomar uma vacina amanhã, eu o faria. Se isso me custasse a eleição, eu o faria.

Fique por dentro: Trump continua a minar a fé nas próximas eleições, dizendo sem evidências que será ‘a mais corrupta da história, de longe

Quase 190.000 americanos morreram de doenças relacionadas à Covid-19, muito mais do que qualquer outro país, desde o início de um surto que infectou mais de 6,2 milhões de pessoas nos Estados Unidos, de acordo com a Universidade Johns Hopkins.

Várias empresas farmacêuticas estão produzindo vacinas sob o programa do presidente “Operação Warp Speed”, que visa produzir até 300m de doses até janeiro de 2021, embora os Centros de Controle e Prevenção de Doenças tenham alertado os estados para se prepararem para a distribuição já em outubro.

Fique por dentro: A evidência está disponível: as líderes femininas realmente estão lidando com a pandemia melhor

O presidente também sugeriu que sua própria Food and Drug Administration, sob um chefe que ele nomeou, ordenou uma conspiração de “estado profundo” para diminuir a produção de uma vacina para enfraquecer suas chances de reeleição.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte:  INDEPENDENT

ANÚNCIO