Trump continua a minar a fé nas próximas eleições, dizendo sem evidências que será ‘a mais corrupta da história, de longe’

ANÚNCIO

Em outro ataque contra as cédulas pelo correio, Donald Trump tentou deslegitimar a eleição presidencial de novembro, alegando que o método era “não solicitado”.

Em uma série de postagens no Twitter na quarta-feira, ele previu “a eleição mais corrupta da história”, enquanto apelidava as cédulas por correio de “fraude das cédulas não solicitadas”.

ANÚNCIO

O golpe das cédulas não solicitadas é sua única esperança”, escreveu o presidente em uma aparente referência a seus oponentes democratas, que tradicionalmente recebem mais votos pelo correio do que os republicanos.

Veja também: Trump diz que as eleições pelo correio estão corrompidas, exceto onde ele vota pelo correio

Facebook já desmascarou uma postagem viral que afirmava que um casal que recebeu cinco solicitações não solicitadas de voto na postagem poderia votar cinco vezes.

ANÚNCIO
Ele acrescentou: “Será de longe a eleição mais corrupta da história!”

A postagem foi amplamente compartilhada por aqueles que se opõem à votação pelo correio, mas na realidade os requerimentos são apenas formulários que os próprios eleitores devem assinar e devolver para receber uma cédula pelo correio.

Leia também: Trump é chamado de “bandido de poltrona” por apresentadores

Qualquer pessoa que preenchesse vários formulários estaria cometendo um crime e quase certamente seria flagrado pelos oficiais.

Como funcionam as eleições nos EUA?

Fique por dentro: Manifestantes tentam abafar o discurso de Trump

Ele segue as previsões feitas por analistas de dados democratas, que acreditam que o presidente Trump parecerá ter derrotado Joe Biden na noite da eleição, apenas para o candidato democrata vencer depois que os votos por correspondência forem contados.

Leia também: Donald Trump emite ordens executivas contra WeChat e TikTok

Trump passou meses atacando cédulas pelo correio, que a Hawkfish, empresa de dados que fez essa previsão, acredita que 40% dos americanos usarão para votar em meio à pandemia do coronavírus.

Leia também: Trump ataca Biden e desafia a pandemia no palco da Casa Branca

Segue-se a afirmação do presidente em março de que a votação generalizada por correspondência significaria que “você nunca mais teria um republicano eleito neste país”.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: Independent

ANÚNCIO