Estudo mostra um grande problema com o uso de propagação de nuvem para resolver o aquecimento global

ANÚNCIO

As nuvens que pairam baixas e espessas em nosso céu, refletindo a luz do sol de volta para o espaço, estão derretendo no ar à medida que o mundo esquenta.

A perda não só desencadeará mudanças climáticas maiores do que esperávamos, mas novas pesquisas sugerem que também pode minar o potencial de futuras soluções de geoengenharia.

ANÚNCIO

A ideia de semear nuvens com uma injeção de partículas refletoras de luz para refletir a luz do sol de volta ao espaço – assim ‘resfriando’ o planeta – é controversa, mas ainda não foi comprovada como útil ou mesmo viável no mundo real.

Estudo mostra um grande problema com o uso de propagação de nuvem para resolver o aquecimento global
Foto: (Reprodução/ Internet)

Alguns cientistas se preocupam com os perigos imprevistos de se intrometer no clima de nosso planeta ainda mais, enquanto outros apontam que essa solução de hacker não faz nada para lidar com a acidificação dos oceanos ou os efeitos adversos do ecossistema.

Veja também: O derretimento do gelo no Alasca ameaça desencadear um ‘Mega Tsunami’ sem precedentes, alertam cientistas.

ANÚNCIO

Se as emissões de carbono do mundo continuarem a aumentar sem restrições, desencadearemos uma cascata muito maior de aquecimento – semeando nuvens ou não.

Este é um cenário extremo onde o dióxido de carbono continua a se acumular na atmosfera em uma concentração quatro vezes maior do que hoje.

Estudo mostra um grande problema com o uso de propagação de nuvem para resolver o aquecimento global
Foto: (Reprodução/ Internet)

Hoje, as nuvens estratocúmulos cobrem grandes faixas do oceano subtropical, e evidências recentes sugerem que são responsáveis ​​por refletir cerca de 5 graus Celsius do aquecimento global de volta ao espaço.

Fique por dentro: O aquecimento global pode tornar os vírus mais difíceis de matar

À medida que os gases do efeito estufa se acumulam na atmosfera, as simulações em alta resolução mostram que essas nuvens vão se diluir e talvez até se dissipar completamente.

Estudo mostra um grande problema com o uso de propagação de nuvem para resolver o aquecimento global
Foto: (Reprodução/ Internet)

Mesmo em cenários de aquecimento modesto, os resultados mostram que nuvens de estratocúmulos subtropicais gradualmente se diluem e se separam.

Leia também: Novo estudo revela que o aquecimento global está afetando as temperaturas noturnas de maneira diferente

Sem esse escudo protetor, todo o calor do sol pode afundar livremente na baixa atmosfera e nos oceanos do nosso planeta, aumentando ainda mais as temperaturas ao redor do globo.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: ScienceAlert

ANÚNCIO