Saiba como identificar hiperatividade na infância

ANÚNCIO

Criar e cuidar de uma criança é com certeza uma missão desafiadora. Muitos pais ficam sempre atentos às movimentações de seus filhos e percebem que alguns, muitas vezes, são mais agitados do que outros. E com isso, se questionam sobre estarem educando seu filho de forma “errada”.

Nem sempre uma criança agitada é sinônimo de má educação por parte dos pais. Muitas vezes, a fonte de tanta inquietude é um dos assuntos mais pesquisados e estudados entre profissionais da saúde e educação infantil: a hiperatividade.

ANÚNCIO
Fonte: (Reprodução/Internet)

Hiperatividade e TDAH: o que é?

Inúmeros especialistas do mundo buscam respostas para justificar a causa da hiperatividade. O transtorno é responsável por deixar crianças em um estado excessivo de energia, que pode atingir a questão motora (física e muscular) ou mental (intenso fluxo de pensamentos).

Fonte: (Reprodução/Internet)

É comum encontrarmos crianças agitadas, e isso se dá pela quantidade de energia que os pequenos possuem, principalmente em determinadas idades. Mas, é possível que, ao acontecer com muita frequência, o sintoma da hiperatividade deva ser estudado e compreendido com o auxílio de um especialista.

Normalmente crianças hiperativas demonstram maior dificuldade em realizar atividades simples, que outras crianças possuem mais facilidade. A falta de concentração e a energia excessiva atrapalham os pequenos com atividades comuns, como na fala, em atividades de casa e no rendimento escolar.

ANÚNCIO

Como identificar os sintomas de uma criança hiperativa

Crianças são naturalmente mais agitadas do que adultos, por isso é importante que os pais tenham cautela para não acabar confundindo agitação comum, com hiperatividade. Após notar alguns sinais surgindo, é importante que os pais procurem um especialista que poderá apresentar o diagnóstico correto. Para isso, veja quais são os sintomas:

Fonte: (Reprodução/Internet)

Problemas com disciplina e organização

Naturalmente as crianças não possuem o senso de organização apurado, este é um ponto que é desenvolvido conforme os anos passam. Mas, ao perceber que, mesmo com esforço, a criança apresenta dificuldades em seguir regras de organização e disciplina, e nem realizar planejamentos de médio ou longo prazo, pode ser sinal de hiperatividade.

Dificuldades escolares

É evidente que crianças com hiperatividade possuem mais dificuldade de ser concentrar. Seu filho pode até mesmo ser inteligente, criativo e esperto como outras crianças, mas, se não conseguir manter-se- quieto na hora das aulas ou estudo em casa, também pode ser um sinal do transtorno.

Cansaço rápido com atividades

Se você constantemente pede para seu filho interagir com alguma atividade e pouco depois ele desiste e passa a procurar outra para se entreter, é necessário passar a observá-lo melhor para perceber também se há outros sintomas.

Impulsividade

Uma criança hiperativa costuma agir com muito ímpeto em situações que não são de seu agrado. Qualquer conflito, barulho, dificuldade ou incômodo para estas crianças se torna muito mais valorizado. Por isso, muitas vezes a socialização é uma missão difícil para estes pequenos.

Distração com estímulos externos

Crianças hiperativas estão sempre em busca de novos estímulos, atividades e aventuras. Por isso, é comum observarmos essas crianças sempre tocando ou mexendo em objetos que despertem sua atenção. Qualquer ambiente novo se torna um parque de diversões para o tato.

Dificuldade ao lidar com emoções e estresse

Geralmente a criança com hiperatividade possui maior dificuldade para assimilar algumas emoções e estresse, muitas vezes causados por algumas condutas sociais e relações interpessoais. Neste caso, atividades socioeducativas e até mesmo um animal de estimação podem o estimular a lidar melhor com situações adversas.

Problemas ao dormir ou sono precário

Desde os problemas de concentração, até a situação de movimentação excessiva, podem ser responsáveis por dificuldades no sono. Sem descanso necessário, os problemas para a criança hiperativa ficam cada vez maiores.

Como lidar com uma criança hiperativa

O tratamento para uma criança com TDAH é delicado e exige ser tratado de formas múltiplas combinando medicamentos, psicoterapia e até mesmo fonoaudiologia para casos em que a hiperatividade atrapalha na fala ou escrita da criança.

Fonte: (Reprodução/Internet)

Ao perceberem sintomas da condição em seus filhos, é importante que os pais busquem ajuda médica para que haja o diagnóstico exato da condição da criança. A partir daí, outras coisas, além dos cuidados médicos poderão auxiliar diretamente nos cuidados da criança.

Pequenos detalhes em suas rotinas podem fazer grande diferença. Um ponto importante é que a criança seja estimulada a realizar atividades físicas para que gaste mais energia. Evitar o acesso exagerado dessas crianças à informação também será uma boa alternativa. Busque especialistas e compreenda as limitações de seu filho.

ANÚNCIO