Trump, primeira-dama positiva para coronavírus; ele tem ‘sintomas leves’

ANÚNCIO

O presidente Donald Trump está experimentando “sintomas leves” de COVID-19 depois de revelar na sexta-feira que ele e a primeira-dama Melania Trump testaram positivo para coronavírus, um anúncio surpreendente que mergulha o país ainda mais na incerteza apenas um mês antes eleição presidencial.

Trump, que passou grande parte do ano minimizando a ameaça de um vírus que matou mais de 205.000 norte americanos, disse que ele e a Sra. Trump estavam em quarentena. 

ANÚNCIO

Leia também: Quando a pandemia do Coronavírus terminará?

O médico da Casa Branca disse que o presidente deve continuar desempenhando suas funções “sem interrupção” enquanto se recupera. Um funcionário da Casa Branca disse na manhã de sexta-feira que o presidente estava apresentando sintomas leves, mas estava trabalhando na residência da Casa Branca.

Nova biografia traz revelações sobre a primeira-dama Melania Trump
Melania Trump e Donald Trump. Foto: (Reprodução/ Internet).

O diagnóstico de Trump certamente teria um efeito desestabilizador em Washington e em todo o mundo, levantando questões sobre até que ponto o vírus se espalhou pelos mais altos escalões do governo dos Estados Unidos. 

Horas antes de Trump anunciar que havia contraído o vírus, a Casa Branca disse que um dos principais assessores que viajou com ele durante a semana tinha testado positivo.

ANÚNCIO

Fique por dentro: Perdido na linha de frente: o alto preço pago pelos profissionais de saúde em todo o mundo quando o número de mortes por coronavírus passa de um milhão

O vice-presidente Mike Pence testou negativo para o vírus na manhã de sexta-feira e “continua com boa saúde”, disse seu porta-voz.

Muitos funcionários da Casa Branca e do governo estavam passando por testes na sexta-feira, mas a escala total do surto em torno do presidente pode não ser conhecida por algum tempo, pois pode levar dias para que uma infecção seja detectada por um teste. 

Funcionários da Unidade Médica da Casa Branca ainda estão em processo de rastrear os contatos do presidente.

Donald e Melania Trump testam positivo para Covid-19 | CNN Brasil
Foto: (Reprodução/ Internet).

Trump foi visto pela última vez por repórteres retornando à Casa Branca na noite de quinta-feira e não parecia visivelmente doente. Trump tem 74 anos, o que o coloca em maior risco de complicações sérias de um vírus que infectou mais de 7 milhões de pessoas em todo o país.

O médico do presidente disse em um memorando que Trump e a primeira-dama, que tem 50 anos, “estão bem neste momento” e “planejam permanecer em casa na Casa Branca durante a convalescença”.

Leia também: Coronavírus: Governo da Tchecoslováquia declara estado de emergência

Não está claro onde os Trumps e Hicks podem ter contraído o vírus, mas em sua entrevista à Fox, Trump pareceu sugerir que ele pode ter sido espalhado por alguém nas forças armadas ou na polícia

O diagnóstico marca um golpe devastador para um presidente que tenta desesperadamente convencer o público americano de que o pior da pandemia já passou.

Does the First Lady Get Paid a Salary? Melania Trump's White House Income  Revealed
Donald Trump e sua esposa. Foto: (Reprodução/ Internet).

Mesmo assim, desde os primeiros dias da pandemia, os especialistas questionaram os protocolos de saúde e segurança da Casa Branca e perguntaram por que mais não estava sendo feito para proteger o comandante-chefe. 

Leia também: O número global de mortes causadas pelo Coronavírus já ultrapassou um milhão de pessoas

Trump continuou a apertar a mão dos visitantes muito depois de as autoridades de saúde pública alertarem contra isso, e ele inicialmente resistiu a ser testado.

Outros líderes mundiais também tiveram COVID-19

Trump está longe de ser o primeiro líder mundial a testar positivo para o vírus, que já infectou o presidente brasileiro Jair Bolsonaro e o primeiro-ministro britânico Boris Johnson, que passou uma semana no hospital, incluindo três noites em terapia intensiva. 

Não esperava-me isto": Jair Bolsonaro, positivo à Covid-19
Presidente Bolsonaro, atual governante do Brasil. Foto: (Reprodução/ Internet).

O ex-primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi foi hospitalizado no mês passado enquanto lutava contra o que chamou de um caso “infernal” de COVID-19.

Leia também: “Isso não pode ser um acidente”, diz o detetive da Polícia Federal em incêndios no Pantanal no Brasil

Ainda restam dúvidas sobre por que Trump demorou tanto para ser testado e por que ele e seus auxiliares continuaram a trabalhar e viajar depois que Hicks adoeceu. Trump viajou para New Jersey na quinta-feira para uma arrecadação de fundos, potencialmente expondo os participantes ao vírus. 

Embora não haja atualmente nenhuma indicação de que Trump está gravemente doente, o teste positivo levanta questões sobre o que aconteceria se ele ficasse incapacitado devido à doença.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: AṔNews

 

ANÚNCIO