Presidente ucraniano levado ao hospital com Covid-19

ANÚNCIO

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, foi hospitalizado após ter testado positivo para COVID-19 no início desta semana, com vários de seus altos funcionários também infectados.

Ele foi primeiro para casa, mas decidiu se mudar para o Feofania (hospital)”, disse um porta-voz presidencial. “Para isolar com precisão e não expor ninguém. Existem melhores condições para os pacientes. Nada sério.

ANÚNCIO

O vírus teve esta semana um grande impacto entre os escalões superiores do governo ucraniano, com o ministro das finanças do país, o ministro da defesa e o principal assessor do presidente com testes positivos.

VOLODYMYR ZELENSKY OFFICIALLY NAMED UKRAINIAN PRESIDENT-ELECT
Foto: (Reprodução/ Internet).

Na quarta-feira, o governo de Zelensky aprovou um bloqueio nacional nos finais de semana até pelo menos 30 de novembro para controlar a rápida disseminação do vírus.

Zelensky anunciou que seu teste foi positivo para Covid-19 na segunda-feira. “Não há pessoas de sorte para as quais [Covid-19] não represente uma ameaça. Apesar de todas as medidas de quarentena, recebi um teste positivo“, disse ele.

ANÚNCIO

Leia também: Peregrinos judeus se retiram da fronteira ucraniana

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, a Ucrânia registrou até agora mais de 489.000 casos de coronavírus, incluindo 8.947 mortes.

Presidente ucraniano levado ao hospital com Covid-19
Foto: (Reprodução/ Internet).

Desde o início de outubro, à semelhança de outros países europeus, a Ucrânia também testemunhou um aumento no número de novos casos de Covid-19, pressionando a infraestrutura de saúde do país.

Saiba mais: Ativista da Bielo-Rússia resiste ao esforço de deportá-la para a Ucrânia

Nas últimas semanas, o número diário de novos casos Covid-19 tem consistentemente em média mais de 5.000.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte:  INDEPENDENT

ANÚNCIO