A pandemia destrói planejamento dos músicos cubanos

ANÚNCIO

Músicos cubanos renomados estão recorrendo à internet ou procurando outros empregos para sobreviver a uma pandemia que fechou bares, clubes e locais turísticos em uma ilha que há poucos dias reabriu seu aeroporto para visitantes após um bloqueio de quase oito meses.

Ao contrário de grandes nomes fora de Cuba, aqueles na ilha não têm contratos de gravação de longo prazo ou pertencem a grandes gravadoras que podem ajudar a impulsionar as vendas de músicas, disse Michel Hernández, um jornalista musical cubano.

ANÚNCIO

Muitos músicos locais também viram grandes planos frustrados pelo coronavírus: Los Van Van está celebrando seu 50º aniversário este ano. 

A pandemia destrói planejamento dos músicos cubanos
A cantora cubana Laritza Bacallao posa para uma foto durante uma entrevista em Havana, Cuba. Foto: (Reprodução/ Internet)

Os músicos da Los Van Van foram forçados a abandonar uma turnê mundial por quase 30 países, juntamente com a filmagem de um documentário e shows locais para fazer os cubanos dançarem em todo o ilha.

Leia também: A música cria sensações extremamente prazerosas não só para o corpo, mas também para mente. Confira

ANÚNCIO

Enquanto alguns músicos recebem pequenos estipêndios do governo cubano, o sustento de milhares de outros dependia de tocar em restaurantes, bares e atrações turísticas.

Cuba notificou mais de 7.500 casos de COVID-19 e mais de 130 mortes enquanto a ilha reabre lentamente.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: APNews

ANÚNCIO