Peru agora não tem presidente e crise no país se torna caótica

ANÚNCIO

Quem é o presidente do Peru? A resposta a essa pergunta na segunda-feira foi ninguém.

A turbulência política da nação latino-americana tomou um rumo caótico no domingo, quando o líder interino Manuel Merino renunciou e o Congresso não pôde decidir sobre sua substituição.

ANÚNCIO

Isso deixou o Peru sem leme e em crise menos de uma semana depois que os legisladores iniciaram uma tempestade de protestos ao destituir o presidente Martín Vizcarra, um cruzado anticorrupção muito popular entre os peruanos.

Peru agora não tem presidente e crise no país se torna caótica
Foto: (Reprodução/ Internet)

Há duas saídas potenciais para o calvário: o Congresso poderia apresentar um novo candidato para aprovar com maioria simples de votos ou a mais alta corte do país poderia intervir. Mas sem nenhuma rota garantida para trazer uma solução, alguns peruanos pediram novos protestos e o país à beira do colapso.

Saiba mais: Presidente do Peru enfrenta votação de impeachment em meio a turbulência pandêmica

ANÚNCIO

O Peru tem muito em jogo: o país está passando por um dos surtos de coronavírus mais letais do mundo e analistas políticos dizem que a crise constitucional colocou a democracia do país em perigo.

Foto: (Reprodução/ Internet).

O Congresso provocou a calamidade há uma semana, quando os legisladores votaram esmagadoramente pela destituição de Vizcarra.

Leia também:  No Peru, a preocupação aumenta com casos de COVI-19 e Dengue

Usando uma cláusula do século 19, os legisladores o acusaram de “incapacidade moral permanente”, dizendo que ele recebeu US $ 630.000 em subornos em troca de dois contratos de construção quando era governador de uma pequena província anos atrás.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: APNews

ANÚNCIO