Moderna afirma que sua vacina COVID-19 é 94,5% eficaz. Aqui está o que você precisa saber

ANÚNCIO

Acabamos de dar mais um grande passo na luta contra a pandemia do coronavírus.

A Moderna disse na segunda-feira que sua vacina experimental foi eficaz na prevenção da COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus

ANÚNCIO

As descobertas vêm de um estudo extenso e bem planejado, mas não foram revisadas por especialistas externos ou por reguladores.

Moderna afirma que sua vacina COVID-19 é 94,5% eficaz. Aqui está o que você precisa saber
Foto: (Reprodução/ Internet)

A notícia chega apenas uma semana depois que a Pfizer divulgou que sua vacina foi eficaz na prevenção de COVID-19, levando os mercados às alturas na esperança de que uma vacina eficaz ajudaria a acabar com a pandemia.

Leia também: A Pfizer diz que a vacina COVID-19 parece 90% eficaz

ANÚNCIO

Há muito para se ter em mente sobre o que os resultados significam para a pandemia e para quando os americanos poderão tomar uma injeção, agora que duas vacinas tiveram sucesso.

A vacina da Moderna é 94,5% eficaz

Moderna afirma que sua vacina COVID-19 é 94,5% eficaz. Aqui está o que você precisa saber
Foto: (Reprodução/ Internet)

De acordo com a análise inicial da Moderna de seu estágio final, teste de 30.000 pessoas, sua vacina é 94,5% eficaz. A Pfizer relatou que sua vacina era mais de 90% eficaz.

Esses números podem mudar à medida que obtemos mais dados sobre os participantes do ensaio que foram infectados com COVID-19.

Saiba mais: Saiba como uma vacina COVID-19 pode funcionar efetivamente se aprovada

Mesmo assim, os resultados são  melhores do que muitos especialistas esperavam.

A Moderna planeja enviar a vacina à Food and Drug Administration para autorização de emergência. Ele está aguardando os principais dados de segurança antes de enviar.

Ter duas vacinas eficazes é uma ótima notícia para a sociedade

Moderna afirma que sua vacina COVID-19 é 94,5% eficaz. Aqui está o que você precisa saber
Foto: (Reprodução/ Internet)

Parar a disseminação do novo coronavírus exigirá esforços de vacinação em larga escala em todo o mundo.

Ambas as vacinas são administradas em duas doses. O regime da Pfizer é espaçado em 21 dias, enquanto a segunda dose do Moderna vem 28 dias após a primeira.

Fique por dentro: A Rússia afirma que a vacina Sputnik V Covid é 92% eficaz

A vacina da Moderna não requer congelamento profundo, ao contrário da injeção da Pfizer. A vacina da Pfizer precisa ser enviada e armazenada a 37 graus Celsius negativos.

Moderna afirma que sua vacina COVID-19 é 94,5% eficaz. Aqui está o que você precisa saber
Foto: (Reprodução/ Internet)

A Moderna observou em seu comunicado que registrou 11 casos graves de COVID-19 entre os participantes do ensaio.

Todos os participantes que tiveram casos graves de COVID-19 faziam parte do braço do placebo, disse Moderna.

Veja também: Brasil vai retomar ensaios clínicos de vacina candidata a vírus no país

A Moderna também analisou os 95 casos COVID-19 documentados por idade e histórico. Entre os casos, 15 eram em adultos com 65 anos ou mais, e 20 participantes que receberam COVID-19 identificaram-se como fazendo parte de uma comunidade diversa.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: ScienceAlert

ANÚNCIO