No Peru, a preocupação aumenta com casos de COVI-19 e Dengue

ANÚNCIO

Autoridades de saúde notificaram mais de 35.000 casos este ano, concentrados principalmente na Amazônia. 

O aumento ocorre em meio a uma queda geral no número de novas infecções diárias por coronavírus, embora as autoridades temam que uma segunda onda possa ocorrer com o aumento dos casos de dengue.

ANÚNCIO

Na cidade de Pucallpa, onde mora Choque, os médicos afirmam que já estão encontrando pacientes com as duas doenças. 

No Peru, a preocupação aumenta com casos de COVI-19 e Dengue
(AP Photo / Rodrigo Abd)

Dois médicos disseram que os sintomas da dengue, como febre e dores musculares, tendem a dominar, embora a combinação com COVID-19 possa ser mortal.

A região de Ucayali, localizada ao longo de um rio lamacento, há muito apresenta surtos periódicos de dengue, embora Rojas e outros afirmem que os números deste ano já são três vezes maiores que os de 2019. 

ANÚNCIO

Saiba mais: Coronavírus: É possível ser imune?

Em todas as Américas, houve mais de 3,1 milhões de casos de dengue no ano passado, o maior número no registro, de acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde.

O ramo das Américas da Organização Mundial da Saúde relata que houve uma redução geral nos casos de dengue durante a pandemia – com pouco mais de 2 milhões registrados até agora este ano, incluindo 845 mortes. Quase 1,4 milhão desses casos ocorreram no Brasil.

No Peru, a preocupação aumenta com casos de COVI-19 e Dengue
(AP Photo / Rodrigo Abd)

Não está claro se a redução está relacionada ao COVID-19, embora uma porta-voz disse que medidas de saúde pública destinadas a prevenir o novo vírus podem ter desempenhado um papel.

No entanto, na Amazônia peruana um número crescente de pacientes com dengue está enchendo leitos de hospitais que meses antes estavam sobrecarregados por pacientes com COVID-19. 

Leia também: EUA: Plano para levar vacinas de coronavírus para asilos

Alguns, como Choque, são informados de que ambos estão doentes quando chegam ao hospital.

No Peru, a preocupação aumenta com casos de COVI-19 e Dengue
(AP Photo / Rodrigo Abd)

A dengue é uma doença transmitida por mosquitos também conhecida como “febre quebra-ossos” por seus sintomas extremamente dolorosos. 

Países do sudeste asiático, como Cingapura e Indonésia, também lidaram com surtos duplos de dengue e vírus este ano, à medida que os bloqueios suspendiam as atividades de prevenção.

Fique por dentro: Será que algum dia chegaremos ao ‘Zero COVID-19’?

A dengue geralmente não é fatal, mas os casos graves podem exigir hospitalização.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: APNews

ANÚNCIO