Moderadores de conteúdo do Facebook pagos para trabalhar em casa

O Facebook pagará aos moderadores de conteúdo norte-americanos de terceiros para que trabalhem de casa.

Em uma ligação com os repórteres, o chefe do Facebook, Mark Zuckerberg, disse que os trabalhadores contratados ainda receberiam todos os salários, mesmo que não pudessem realizar todas as tarefas normais.

A empresa também aumentará o uso de inteligência artificial para moderar o conteúdo durante a crise do coronavírus.

Zuckerberg disse que sua política de trabalhar em casa vai durar até que a “resposta à saúde pública seja suficiente”.

Mas um grupo de direitos dos trabalhadores disse que a decisão do Facebook não foi suficientemente longe.

ANÚNCIO

“É ótimo que eles os deixem trabalhar em casa, mas parece que o mínimo que o Facebook poderia fazer”, disse Joe Rivano Barros, gerente de campanha da Agência dos Trabalhadores.

Ele observou que os trabalhadores contratados não estão recebendo pagamentos de bônus, ao contrário dos empregados diretamente pela empresa de tecnologia.

O Facebook possui aproximadamente 15.000 moderadores de conteúdo nos EUA, contratados por empresas terceirizadas.

Eles revisam as postagens sinalizadas pelos usuários ou pelo próprio software da empresa para determinar se o conteúdo é inadequado ou prejudicial.

Zuckerberg disse que as preocupações com a privacidade significam que alguns dados não podem ser compartilhados com os contratados quando eles estão trabalhando fora da base, embora ele não tenha especificado os detalhes.

Ele reconheceu, no entanto, que isso poderia levar a algum conteúdo deslizando pelas fendas que normalmente seriam excluídas.

Ele acrescentou que algumas decisões sobre os tópicos mais sensíveis – incluindo conteúdo que envolve autoagressão e suicídio – seriam assumidas pela equipe em tempo integral do Facebook, porque a infraestrutura não estava instalada para apoiar as repercussões na saúde mental dos contratados que lidam com os posts.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais.

Fonte: BBC.

ANÚNCIO