Quase 100 baleias-piloto morrem encalhadas em massa nas ilhas da Nova Zelândia

ANÚNCIO

Oficiais de conservação disseram que foram notificados sobre o incidente no domingo, mas quando chegaram ao local, Waitangi West Beach, poucos dos animais ainda estavam vivos.

No total, 97 baleias e três golfinhos morreram.

ANÚNCIO

Não está claro o que causou o encalhe nas ilhas, que ficam 800 km (500 milhas) a leste da Nova Zelândia.

Quase 100 baleias-piloto morrem encalhadas em massa nas ilhas da Nova Zelândia
Foto: (Reprodução/ Internet)

Jemma Welch, guarda-florestal do Departamento de Conservação do país (DOC), disse em um comunicado que 26 animais encalhados foram sacrificados por causa das condições do mar agitado e da “quase certeza de haver grandes tubarões brancos na água, trazidos por um encalhe como este.”

O que tens sido feito por essa tragédia? 

Quase 100 baleias-piloto morrem encalhadas em massa nas ilhas da Nova Zelândia
Foto: (Reprodução/ Internet)

O departamento disse que membros das comunidades locais Moriori e Maori realizaram uma cerimônia para homenagear os espíritos das baleias. Seus corpos serão deixados para se decompor.

ANÚNCIO

Leia também: Estudo da Nova Zelândia revela a complexidade psicológica dos bloqueios pandêmicos

As baleias-piloto são uma das espécies mais comuns de baleias nas águas da Nova Zelândia e podem crescer até seis metros (20 pés) de comprimento.

Isso é algo comum? 

Quase 100 baleias-piloto morrem encalhadas em massa nas ilhas da Nova Zelândia
Foto: (Reprodução/ Internet)

Encalhes em massa são razoavelmente comuns nas ilhas Chatham, de acordo com o DOC. Até 1.000 baleias ficaram presas nas ilhas em 1918 – o maior incidente desse tipo na Nova Zelândia.

Leia também: Como a Nova Zelândia usou políticas baseadas em evidências para vencer a pandemia

Isso ocorre dois meses depois de um dos maiores encalhes em massa registrados no mundo, que deixou pelo menos 380 baleias mortas em uma praia da Tasmânia, Austrália.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: BBC News Science

ANÚNCIO