Heath Ledger já se recusou a apresentar Oscar por piadas sobre ‘Brokeback Mountain’

ANÚNCIO
O falecido ator Heath Ledger era tão inflexível que “Brokeback Mountain” em 2005 foi levado a sério, ele se recusou a entreter aqueles que zombavam da relação homossexual central da história, segundo o co-ator Jake Gyllenhaal.

Gyllenhaal revelou recentemente que o vencedor do Oscar se recusou a participar do Oscar de 2007 devido a uma piada escrita no monólogo de abertura da cerimônia.

ANÚNCIO

“Quero dizer, eu lembro que eles queriam fazer uma abertura para o Oscar naquele ano que era uma espécie de brincadeira”, disse Gyllenhaal, 39, à revista de moda Another Man. E Heath recusou. Eu estava meio que na época, ‘Oh, tudo bem … tanto faz.’ Eu sempre fico ‘É tudo muito divertido’. E Heath disse: ‘Não é uma piada para mim – eu não quero fazer nenhuma.”

Gyllenhaal continuou: “Era isso que eu amava em Heath. Ele nunca brincaria. Alguém queria fazer uma piada sobre a história ou o que fosse, ele era como, ‘Não. Isso é sobre amor. Tipo, é isso, cara. Tipo, não. ‘”

“Brokeback Mountain” recebeu oito indicações ao Oscar, incluindo indicações para Gyllenhaal e Ledger. Ambos foram para casa de mãos vazias, mas Ledger venceu postumamente em 2009 por seu papel como o Coringa em “O Cavaleiro das Trevas”.

ANÚNCIO

Ledger faleceu em janeiro de 2008, após uma overdose acidental de um coquetel de oxicodona, diazepam, hidrocodona e doxilamina. Ele tinha 28 anos.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais.
Fonte: NY Post.
ANÚNCIO