Walmart pode se juntar à Microsoft na licitação do aplicativo de vídeo TikTok

ANÚNCIO

O Walmart disse na quinta-feira que pode se juntar à Microsoft para comprar o negócio americano do TikTok, o popular aplicativo de vídeo de propriedade chinesa que foi criticado pelo governo Trump.

O TikTok, por meio de seus vídeos divertidos e bobos, ganhou centenas de milhões de usuários em todo o mundo. Mas os EUA estão pressionando seu proprietário chinês a vender o negócio americano se quiser continuar operando no país.

ANÚNCIO

O Walmart disse em um comunicado que um acordo com a Microsoft e a TikTok poderia ajudá-lo a expandir seus negócios de publicidade e alcançar mais consumidores.

Walmart se une à Microsoft pela compra do TikTok

O governo Trump está forçando a venda das operações da TikTok nos Estados Unidos por causa de sua propriedade chinesa e ameaçou banir o aplicativo, que, segundo a TikTok, tem 100 milhões de usuários nos EUA, citando preocupações com a segurança nacional. 

ANÚNCIO

A TikTok, que pertence à empresa de tecnologia chinesa ByteDance, entrou com uma ação para impedir a proibição, mas não a ordem de venda. 

Veja também: TikTok processa Trump por causa de sua ordem pendente para banir seu aplicativo

A Microsoft confirmou as discussões com a TikTok; outras empresas de tecnologia como a Oracle também estão supostamente interessadas em uma possível aquisição.

A TikTok, de propriedade da empresa chinesa de tecnologia ByteDance, diz que está disposta a buscar a venda de suas operações nos Estados Unidos e ameaçou com ação legal se não for tratada com justiça.

Leia também: Donald Trump emite ordens executivas contra WeChat e TikTok

As autoridades norte-americanas estão preocupadas com a possibilidade de a TikTok entregar os dados dos usuários às autoridades chinesas e de censurar o conteúdo que incomodaria a China. 

O TikTok nega ter compartilhado dados de usuários com o governo chinês e não faria isso se solicitado, nem censurou vídeos a pedido das autoridades chinesas, e afirma que não é uma ameaça à segurança nacional.

Microsoft e Walmart anunciam parceria para ganhar mercado à Amazon |  MaisTecnologia

A Microsoft e o Walmart já são parceiros de negócios, com a Microsoft fornecendo serviços de computação em nuvem que ajudam a administrar as lojas do varejista e compras online.

 As duas empresas assinaram uma parceria de 5 anos em 2018, permitindo-lhes unir forças contra a rival Amazon.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: APNews

ANÚNCIO