Volvo faz recall de quase 25.000 veículos com cintos de segurança dianteiros com defeito

ANÚNCIO

Quase 25.000 veículos familiares populares da Volvo estão sendo recolhidos depois que foi descoberto que os cintos de segurança estavam falhando, podendo ferir ou matar passageiros durante um acidente.

Descoberta tardia e perigosa

Hoje, a Volvo emitiu um recall de segurança do produto para os seguintes modelos de 2007 a 2018: Volvo S60, S80, V60, V60 Cross Country, V70, XC60 e XC70.

ANÚNCIO

O recall, que visa veículos usados ​​principalmente por famílias, afeta 24.977 veículos individuais.

Foto:(reprodução/internet)

A Volvo descobriu que um cabo de aço flexível conectado aos cintos de segurança no lado externo dos bancos dianteiros pode se desgastar e se separar do próprio cinto, fazendo com que o cinto de segurança não funcione.

Foto:(reprodução/internet)

Em caso de colisão, aumenta o risco de ferimentos graves ou morte se o ocupante não for corretamente imobilizado.

ANÚNCIO

Proprietários deverão aguardar alguns meses para iniciar a substituição do indispensável item de segurança

A Volvo começará a contatar os proprietários afetados por escrito, mas há um porém: a montadora sueca não espera que as peças de reposição cheguem antes de outubro de 2020.

Nesse ínterim, a Volvo irá “aconselhar” sobre como os proprietários dos veículos afetados podem “proteger o cinto de segurança dianteiro enquanto aguardam a chegada das peças”.

Foto:(reprodução/internet)

“Quando as peças estiverem disponíveis, os proprietários afetados devem reservar seu veículo para que os prendedores do cinto de segurança sejam substituídos”, afirma o recall de segurança do produto.

 

Traduzido e adaptado por equipe Saibama.is
Fonte: 9news

ANÚNCIO