Turista britânico é forçado a ficar de quarentena na Grécia após testar positivo para coronavírus

ANÚNCIO

Um turista britânico e sua família foram forçados a isolar-se por duas semanas na Grécia após o teste ser positivo para coronavírus.

O viajante, que era assintomático, foi testado no aeroporto de Corfu como parte dos exames de saúde do país e medidas de teste aleatórias para todas as chegadas.

ANÚNCIO

Em seguida, seguiram para o Tui Blue Atlantica Grand Mediterraneo Resort, um hotel à beira-mar com tudo incluído.

Embora os resultados dos testes estejam geralmente disponíveis em 24 horas, o turista não recebeu a notícia de que tinha o Covid-19 até quatro dias depois, somente em 7 de Agosto.

Todo o grupo foi instruído a se isolar dentro de seus quartos, antes de ser transferido para um hotel de quarentena especial. Eles devem permanecer lá por 14 dias.

ANÚNCIO

Tui contactou todos os seus 140 hóspedes alojados no hotel, bem como todos os que se encontravam no mesmo voo do passageiro infectado.

TUI BLUE Atlantica Grand Mediterraneo Resort in Ermones | TUI.co.uk
Imagens do Tui Blue Atlantica Grand Mediterraneo Resort

Este último grupo poderia ser informado pelas autoridades gregas que também deveriam se isolar por duas semanas.

Desde então, o hotel passou por uma “limpeza extensiva”, de acordo com Tui.

Eles acrescentaram que a Tui “implementou extensas medidas de higiene e segurança” em suas aeronaves, ônibus de transferência e hotéis desde o início da temporada de verão, que foi muito prejudicada devido à pandemia.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: INDEPENDENT

ANÚNCIO