Renda Brasil, conheça o programa que vai substituir o Bolsa Família

ANÚNCIO

Em um país como o Brasil, onde diversas famílias vivem em situação precária, enfrentando a miséria e a pobreza diariamente, os programas de assistência social do governo se mostraram ferramentas importantes para a manutenção da vida.

O Bolsa Família e o Auxílio Emergencial são dois dos programas mais importantes para o povo brasileiro, tendo em vista a ajuda monetária disponibilizada pelos programas aos seus beneficiários.

ANÚNCIO

Porém, ambos devem acabar sendo unificados. O Renda Brasil deve ser adotado em breve pelo governo, visando aumentar o campo de atuação e o valor pago para as famílias mais carentes do país.

Renda Brasil, conheça o programa que vai substituir o Bolsa Família
Fonte: (reprodução/internet)

Quer saber mais sobre o Renda Brasil? Fique aqui e confira como irá funcionar o novo programa do governo.

Bolsa Família e auxílio emergencial

O Renda Brasil será criado para substituir o Bolsa Família. O antigo programa do governo atende cerca de 23,2 milhões de famílias mensalmente, porém, isso se restringe apenas às famílias que se encontram na faixa de extrema pobreza.

ANÚNCIO

Desempregados e autônomos não têm direito ao benefício. Pensando nisso, o governo também desenvolveu o auxílio emergencial, porém, este outro programa deve existir apenas durante a pandemia, e provavelmente dará o lugar ao Renda Brasil em breve.

A proposta foi feita pelo Ministro da Economia, Paulo Guedes, e tem como objetivo suprir essas lacunas deixadas pelos outros programas sociais; Então ele vai buscar unificar esses benefícios em um só, visando atender um maior número de pessoas.

Como vai funcionar

O programa visa garantir uma renda básica para as famílias em situação financeira mais frágil. A premissa original é aumentar a capacidade de atuação do Bolsa Família, além de disponibilizar um valor maior do que o recebido atualmente.

Caso a proposta do programa seja aprovada pelo governo, funcionará de maneira semelhante ao Bolsa Família e ao auxílio emergencial, com os pagamentos sendo realizados mensalmente.

O programa deve atender mais famílias do que o Bolsa Família, porém, ainda não se sabe quem poderá usufruir do programa, além de como será realizado o processo de inscrição.

Quem terá direito ao benefício

Como dito anteriormente, ainda não se sabe quem terá direito ao benefício, porém, por usar o Bolsa Família e o Auxílio Emergencial como base, já dá para deduzir alguns grupos que serão abraçados pelo programa.

Declarações recentes de Paulo Guedes nos mostram que beneficiários do Bolsa Família terão direito de participar do Renda Brasil. Além disso, para aumentar seu campo de atuação, desempregados e trabalhadores informais também poderão contar com o programa.

Dessa maneira, além de um grupo mais amplo, o valor pago também deve aumentar, melhorando a situação financeira para quem recebe o Bolsa Família. Atualmente, somente R$200 é pago, no máximo, por família beneficiada.

De quanto será o valor

Não se sabe ao certo ainda qual será o valor pago pelo benefício, tendo em vista que a proposta ainda transita para aprovação. No entanto, especula-se que o valor do Renda Brasil seja de R$300 mensais.

Mais informações

Bom, como já foi informado anteriormente, o programa ainda não foi aprovado pelo governo federal. Então, será necessário ficar atento as ultimas informações que forem publicadas oficialmente pelo Senado Nacional para saber quando o Renda Brasil irá entrar em vigor.

ANÚNCIO