Reino Unido infectará voluntários saudáveis ​​em ensaio de pesquisa de vacinas

ANÚNCIO

Pesquisadores do Reino Unido estão se preparando para infectar jovens voluntários saudáveis ​​com o vírus que causa a COVID-19, tornando-se os primeiros a anunciar planos de usar a polêmica técnica para estudar a doença.

A intenção é potencialmente, acelerar o desenvolvimento de uma vacina que poderia ajudar a acabar com a pandemia.

ANÚNCIO

Este tipo de pesquisa, conhecido como estudo de desafio humano, é usado com pouca frequência porque alguns consideram antiético o risco envolvido em infectar indivíduos saudáveis. 

Reino Unido infectará voluntários saudáveis ​​em ensaio de pesquisa de vacinas
(AP Photo / Kirsty Wigglesworth, Arquivo)

Mas os pesquisadores que lutam para combater o COVID-19 dizem que o risco é garantido porque esses estudos têm o potencial de identificar rapidamente as vacinas mais eficazes e ajudar a controlar uma doença que matou mais de 1,1 milhão de pessoas em todo o mundo.

Estudos de desafio humano foram usados ​​anteriormente para desenvolver vacinas para doenças como febre tifóide, cólera e malária.

ANÚNCIO

Saiba mais: O que sabemos e não sabemos sobre os casos de reinfecção COVID-19

Governos em todo o mundo estão financiando esforços para desenvolver uma vacina na esperança de acabar com a pandemia que atingiu a economia internacional, fechando empresas e deixando milhões de pessoas sem trabalho.

Quarenta e seis vacinas potenciais já estão em testes em humanos, com 11 delas em testes em estágio final – várias devem relatar os resultados ainda este ano ou no início de 2021.

Reino Unido infectará voluntários saudáveis ​​em ensaio de pesquisa de vacinas
Foto: (Reprodução/ Internet)

A parceria com o Imperial College tem previsão de início das obras em janeiro, com resultados esperados até maio. Antes do início de qualquer pesquisa, o estudo deve ser aprovado por comitês de ética e órgãos reguladores.

Leia também: O que sabemos e não sabemos sobre os casos de reinfecção COVID-19

Dezenas de milhares de voluntários em todo o mundo já se inscreveram para participar de ensaios mais tradicionais das vacinas COVID-19. Os críticos dos estudos de desafio questionam a necessidade de expor pessoas saudáveis ​​ao vírus quando a doença continua disseminada e o desenvolvimento de vacinas está se movendo rapidamente.

Reino Unido infectará voluntários saudáveis ​​em ensaio de pesquisa de vacinas
Foto: (Reprodução/ Internet)

Na primeira fase do estudo de desafio do Reino Unido, os pesquisadores irão expor 90 voluntários pagos ao vírus usando gotas nasais em um esforço para determinar o menor nível de exposição necessário para causar COVID-19. 

Leia também: Mortes por overdose nos EUA parecem aumentar em meio à pandemia de coronavírus

Em última análise, o mesmo modelo será usado para testar a eficácia de vacinas potenciais, expondo voluntários ao vírus após terem recebido uma das vacinas candidatas.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: APNews

 

ANÚNCIO