Regulador italiano investiga Google por meio de anúncios digitais

ANÚNCIO

Reguladores italianos abriram uma investigação na quarta-feira sobre o Google sobre o suposto abuso de seu papel dominante no mercado de anúncios online do país, aumentando o escrutínio global que a empresa do Vale do Silício está enfrentando.

A Autoridade de Concorrência italiana disse que suspeita que o gigante da tecnologia dos Estados Unidos use a vasta quantidade de dados que coleta por meio de seus vários serviços para impedir que rivais no mercado de publicidade digital concorram de forma eficaz.

ANÚNCIO

O órgão disse que realizou uma inspeção conjunta dos escritórios do Google com a polícia fiscal italiana na terça-feira.

Regulador italiano investiga Google por meio de anúncios digitais
Foto: (Reprodução/ Internet)

As autoridades italianas estão se concentrando na disponibilidade e no uso de dados para exibir anúncios – o espaço que editores e proprietários de sites disponibilizam para vender conteúdo publicitário.

Leia também: Amazon lança site sueco na primeira etapa da expansão nórdica

ANÚNCIO

A autoridade disse que o Google supostamente usou elementos de rastreamento que permitiam aos seus serviços de corretagem de anúncios “atingir uma capacidade de segmentação que alguns concorrentes igualmente eficientes não conseguem reproduzir“.

Também é acusado de ter discriminado concorrentes ao se recusar a permitir que usem ferramentas de rastreamento de terceiros.

Regulador italiano investiga Google por meio de anúncios digitais
Foto: (Reprodução/ Internet)

Os anunciantes usam essas ferramentas para determinar a eficácia de suas campanhas publicitárias, medindo quantas visualizações e cliques um anúncio online obtém.

Veja também: Ex-engenheiro do Google condenado a 18 meses de prisão por roubo de segredo comercial

O Google disse que está cumprindo as regras de privacidade de dados da União Europeia.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: APNews

ANÚNCIO