Rainha Elizabeth usa luvas em cerimônia temendo coronavírus

ANÚNCIO

A rainha Elizabeth vestiu um par de luvas durante uma cerimônia de posse na terça-feira – a primeira vez em mais de 60 anos – sob temores de coronavírus por bola de neve no Reino Unido e no mundo, de acordo com novos relatórios.

A monarca de 93 anos foi fotografada usando um par de longas luvas brancas – que também cobriam os pulsos – enquanto nomeava cavaleiros e outras honras, e prendia os prêmios às roupas dos destinatários.

ANÚNCIO

O Palácio de Buckingham se recusou a comentar ao Independent sobre se a rainha usava luvas para se proteger, já que o número de casos confirmados de COVID-19 no Reino Unido aumentou para 51.

Mas uma fonte do palácio disse ao Mirror que “a equipe da rainha e do palácio seguiria os conselhos do governo”.

A rainha costuma usar luvas durante a realização de compromissos públicos, mas ela não as usa para uma investidura há várias décadas, segundo o relatório.

ANÚNCIO

A última vez que fez isso foi em 1954, quando foi o cavaleiro do marechal da Força Aérea, Claude Pelly, comandante em chefe da Força Aérea da RAF no Oriente Médio, informou a agência.

Os idosos estão entre os mais vulneráveis ​​à doença, originária da China continental e desde então se espalhou para 77 países.

O neto da rainha, príncipe William, 37 anos, e sua esposa, Kate, 38 anos, não usavam luvas enquanto apertaram as mãos de várias pessoas na terça-feira durante seu primeiro compromisso em uma viagem de três dias à Irlanda, segundo o Mirror.

Fonte: NY Post, Independent e Mirror.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais.

ANÚNCIO