Primeiro-ministro canadense faz longa pausa ao ser questionado sobre Trump

O primeiro-ministro canadense Justin Trudeau fez uma pausa bastante longa antes de responder a uma pergunta sobre o presidente Donald Trump na terça-feira.

Trudeau foi convidado a comentar o pedido de Trump de ação militar para lidar com os protestos que se espalharam pelos EUA após a morte de George Floyd em Minneapolis na semana passada. Floyd, um homem negro, morreu depois que um policial branco se ajoelhou em seu pescoço.

Trudeau pareceu reunir seus pensamentos por cerca de 20 segundos.

Foto: (reprodução/internet)

Em seguida, ele disse: “Todos assistimos com horror e consternação o que está acontecendo nos Estados Unidos. É hora de reunir as pessoas, mas é hora de ouvir e aprender o que as injustiças continuam apesar do progresso ao longo de anos e décadas. ”

As pessoas no Twitter tinham várias idéias para interpretar sobre a pausa.

ANÚNCIO

Muitos pensaram que Trudeau estava sendo cuidadoso ao escolher suas palavras em uma tentativa de não irritar Trump, dado o fato de os EUA serem vizinhos e parceiros comerciais do Canadá.

Alguns sugeriram que o primeiro ministro não estava preparado para a pergunta.

Outros, entretanto, lembraram o escândalo de racismo de Trudeau em 2019, quando ressurgiram imagens antigas dele usando o que parecia ser blackface.

Foto: (reprodução/internet)

Chris Cuomo e Don Lemon, da CNN, discutiram a pausa na terça-feira.

“Foi um golpe? Qual foi o efeito?” perguntou Cuomo. “Para mim, é que um líder não fala apenas, um líder precisa ouvir, mas o mais importante é que um líder precisa sentir, um líder precisa sentir o que as pessoas que ele lidera sentem”.

“Acho que ele enfrentou um dilema naquele momento que muitas pessoas enfrentam e não sabem o que dizer”, disse Lemon. “Eles não querem dizer a coisa errada, não querem tirar conclusões precipitadas e você fica meio confuso porque nunca vimos algo assim antes”.

 

Traduzido e adaptado por equipe Saibama.is
Fonte: huffpostbrasil.

ANÚNCIO