Policial atira em mulher com arma de choque e lhe envia um bolo como pedido de desculpas

ANÚNCIO

Uma mulher da Flórida processou o delegado de um xerife depois que ele teria atirado nela com uma arma de choque e depois se desculpou com um bolo que dizia “Desculpe por ter atirado em você com o taser” com glacê azul.

O bolo não serviu para Stephanie Byron, que entrou com o processo contra o antigo delegado do condado de Escambia, Michael Wohlers.

ANÚNCIO

Motivações do processo e defesa

A queixa, que foi apresentada no tribunal federal de Pensacola, alega que Wohlers violou os direitos civis de Byron, cometeu uma agressão contra ela e causou-lhe sofrimento, incluindo ferimentos físicos, perdas monetárias, despesas médicas, humilhação e angústia mental.

O advogado de Wohlers não quis comentar o caso, mas negou as alegações em um documento judicial.

Local e efeito do crime

O incidente aconteceu em junho de 2015, quando Wohlers parou em um complexo de apartamentos onde Byron estava trabalhando.

ANÚNCIO

Ele renunciou ao escritório do xerife no mês seguinte.

 

Traduzido e adaptado por equipe Saibama.is
Fonte: 9news.

ANÚNCIO