Polícia de Berlim dispersa protestos contra regras de vírus

ANÚNCIO

A polícia alemã disparou canhões de água na quarta-feira contra manifestantes que protestavam contra as restrições ao coronavírus no distrito governamental de Berlim, depois que as multidões ignoraram os pedidos para usar máscaras e manter distância uns dos outros, de acordo com os regulamentos de pandemia.

Enquanto os canhões empapavam os manifestantes do lado de fora do marco do Portão de Brandemburgo, a polícia em equipamento de choque se movia no meio da multidão levando alguns participantes. 

ANÚNCIO

Alguns manifestantes lançaram fogos de artifício e foguetes em resposta aos helicópteros da polícia pairando sobre sua cabeça.

Polícia de Berlim dispersa protestos contra regras de vírus
Foto: (Reprodução/ Internet)

Os protestos ocorreram no momento em que legisladores alemães abriram o debate sobre um projeto de lei que fornecerá a base legal para que o governo emita regras de distanciamento social, exija máscaras em público e feche lojas e outros locais para retardar a propagação do vírus. 

Embora tais medidas sejam apoiadas pela maioria das pessoas na Alemanha, uma minoria vocal tem feito manifestações regulares em todo o país, argumentando que as restrições são inconstitucionais.

ANÚNCIO

Leia também: Autoridades alemãs concordam com bloqueio parcial para conter vírus

Espera-se que as medidas sejam aprovadas tanto pela câmara baixa quanto pela alta câmara do parlamento e sejam rapidamente assinadas pelo presidente da Alemanha.

Polícia de Berlim dispersa protestos contra regras de vírus
Foto: (Reprodução/ Internet)

A Alemanha, que tem sido elogiada por lidar com a primeira onda do vírus, viu recentemente um aumento acentuado no número de novas infecções e agora está no meio de um segundo bloqueio parcial para tentar diminuir a propagação. 

Fique por dentro: O coronavírus se espalha pela Europa com casos recordes na Alemanha, Polônia e Holanda

No geral, o país viu 833.000 casos de coronavírus e mais de 13.000 mortes confirmadas pelo vírus na pandemia, um número de mortes um quarto do da Grã-Bretanha.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: APNews

ANÚNCIO