Pesquisadores encontram variação da gripe suína e avaliam possibilidade de uma nova pandemia

Cientistas descobriram uma nova cepa da gripe suína na China que pode ter o potencial de se tornar mias outra pandemia.

Embora a cepa tenha os porcos como vetores, ela tem “todas as características” de poder ser transmitida de humano para humano, dizem os pesquisadores.

A possibilidade da emersão de mais um surto pandêmico

Até agora, a cepa não é uma ameaça, mas é de fundamental importância o monitoramento de novos tipos de gripe suína, principalmente porque os seres humanos ainda não têm  imunidade a eles.

“Os porcos são considerados hospedeiros importantes ou ‘vasos de mistura’ para a geração de vírus da gripe pandêmica”, escreveram os pesquisadores em um artigo publicado no Proceedings da Academia Nacional de Ciências.

Foto: (reprodução/internet)

“A vigilância sistemática dos vírus influenza em porcos é essencial para o alerta precoce e a preparação para a próxima pandemia potencial”.

ANÚNCIO

O que é e como funciona

A nova cepa é chamada de G4 EA H1N1 e tem algumas semelhanças com a gripe suína de 2009 – que começou no México e causou um surto mundial em 2009.

Foto: (reprodução/internet)

O vírus também foi facilmente transmitido entre furões, um popular modelo animal usado para estudar a gripe humana.

“A partir dos dados apresentados, parece que este é um vírus da gripe suína que está prestes a emergir em seres humanos”, disse à Science Magazine Edward Holmes, biólogo evolucionário da Universidade de Sydney que estuda patógenos.

“Claramente, essa situação precisa ser monitorada com muita atenção”.

Recomendações dos especialistas

Pesquisadores escreveram na revista que medidas para controlar o vírus em porcos e monitorar de perto as populações trabalhadoras devem ser rapidamente implementadas.

Também devem ser feitos trabalhos para analisar o desenvolvimento de uma vacina para o vírus, disseram os pesquisadores.

 

Traduzido e adaptado por equipe Saibama.is
Fonte: 9news.

ANÚNCIO