Veja como funciona o passaporte eletrônico e saiba onde fazer a emissão

O passaporte eletrônico é uma ideia que surgiu não apenas para agilizar o processo de verificação da imigração no mundo, como também para trazer mais segurança para os passageiros e toda população.

No Brasil, o processo de emissão do passaporte eletrônico se inicia pela internet. Mas, é preciso ir até um posto de atendimento da Polícia Federal para terminar o processo.

passaporte
Foto: (reprodução/internet)

Confira o que fazer, exatamente, exatamente para emitir o documento e veja mais informações sobre essa versão digital do passaporte, que possui chip e informações biométricas de cada passageiro.

O que é o passaporte eletrônico

O passaporte eletrônico, no seu mais novo formato, passou a ser emitido no final de 2010. Agora, ele é emitido juntamente pela Polícia Federal junto com a Casa da Moeda.

E qual é a ideia desse passaporte? Obviamente, facilitar a vida dos passageiros e da Polícia também. Então, a sua principal diferença para o passaporte comum é que se trata de um dispositivo eletrônico que tem no seu chip os dados gravados.

ANÚNCIO

Portanto, no chip há informações como os dados pessoais que estão na página de identificação do passaporte de papel e também as informações biométricas de cada pessoa titular do passaporte.

Entre as informações biométricas se destacam: fotografia facial e impressões digitais.

Por que ter o passaporte eletrônico

Existem muitos bons motivos para emitir o passaporte eletrônico atualmente.

Um deles é o fato de que ele pode ser usado nos postos de fiscalização da PF em todos os aeroportos e também nos portos e nas fronteiras terrestres.

Agora, o grande diferencial e ser levado em conta é que ele poderá, futuramente, ser usado em portais de controle de imigração, os chamados e-gates. Isso é bom porque vai agilizar o fluxo de passageiros na fiscalização dos aeroportos.

Além de ser um procedimento seguro, obviamente.

Quais os tipos de passaportes eletrônicos

Hoje em dia, essa opção eletrônica já está disponível no Passaporte Comum Eletrônico (que é o Mercosul, na cor azul), no Passaporte para Estrangeiro Eletrônico (que é aquele amarelo) e o Laissez-Passer Eletrônicos (que são os marrons).

O que é legal de observar é que esse documento digital já faz parte da vida de outros países, que costumam receber muitos brasileiros, como o Canadá, os Estados Unidos, o Reino Unido e até mesmo a África do Sul, a Austrália e o Japão.

Como emitir o passaporte eletrônico

A Polícia informa que atualmente a emissão do passaporte pode ser feita pelo site. Por lá, inicialmente, é preciso criar um cadastro com os dados pessoais. Depois, é preciso inserir documentos, dados complementares e fazer a revisão dos mesmos.

Agora, considere que esse é um passo inicial, já que também será preciso, posteriormente, pagar a taxa de emissão e agendar um atendimento presencial, para finalizar a emissão do passaporte eletrônico.

Todos os passos até a retirada do passaporte acontece a partir do formulário que foi indicado no início deste tópico. Por lá também estão as informações importantes sobre esse documento importante para viagens para outros países.

Documentação Exigida para Emissão

Vale relembrar que você deve preencher toda a documentação online exigida, antes de levar a documentação no dia da identificação.

É necessário que leve, título de eleitor(a), ter votado na última eleição, quando obrigatório, justificado, ou pago a multa respectiva, se homem, estar em dia com o serviço militar obrigatório, não ser procurado pela polícia nem impedido de obter passaporte ou de sair do Brasil pela Justiça, protocolo de solicitação.

Os documentos precisam ser originais e, caso o agente da Polícia Federal julgue necessário, outros documentos pode ser pedidos no momento do atendimento. Conheça a lista completa no site da Polícia Federal.

Valores

Mas afinal de contas, quanto custa tirar o passaporte? A resposta é R$ 257,25 (duzentos e cinquenta e sete reais e vinte e cinco centavos). Sim, o preço é bem salgado, mas a boa notícia é que agora, o documento tem a validade de 10 anos e não apenas cinco como algum tempo atrás.

Valor para passaporte de emergência

Antes de falar sobre o valor, já antecipamos que a não é possível realizar a emissão desta modalidade de passaporte se houver necessidade de urgência. Mas, quem quiser ter o passaporte express, deverá desembolsar R$ 334,42.

Para saber mais sobre o passaporte de emergência, clique no link indicado. E, caso queira outras informações sobre o passaporte comum, entre em contato com a central de atendimento 194, ou acesse o site da Polícia Federal.

ANÚNCIO