Papa Francisco parabeniza Joe Biden pela eleição

ANÚNCIO

Não é exatamente uma intervenção divina, mas até o papa considera a corrida presidencial dos Estados Unidos encerrada.

O presidente eleito Joe Biden, católico romano ao longo da vida, falou com o Papa Francisco na quinta-feira, apesar do presidente Donald Trump se recusar a ceder. Trump afirma – sem evidências – que a eleição foi roubada dele por meio de atos de fraude massivos, mas não especificados.

ANÚNCIO

A equipe de transição de Biden disse em um comunicado que o presidente eleito agradeceu a Francisco por “estender bênçãos e parabéns e notou seu apreço”. 

Papa Francisco parabeniza Joe Biden pela eleição
Foto: (Reprodução/ Internet)

Ele também saudou a “liderança do pontífice na promoção da paz, da reconciliação e dos laços comuns da humanidade em todo o mundo”.

Biden disse que espera trabalhar com Francis em questões como mudança climática, pobreza e imigração.

ANÚNCIO

Leia também: Papa Francisco promete acabar com o abuso sexual após relatório de McCarrick

A notícia do apelo veio mesmo quando alguns bispos católicos nos Estados Unidos se recusaram a reconhecer a vitória de Biden e argumentaram que os fiéis não deveriam apoiá-lo por causa de seu apoio aos direitos ao aborto.

Papa Francisco parabeniza Joe Biden pela eleição
Foto: (Reprodução/ Internet)

Biden disse que aceita a doutrina da Igreja sobre o aborto em um nível pessoal, mas não quer impor essa crença a todos.

Biden recebeu vários telefonemas esta semana com líderes estrangeiros, incluindo o primeiro-ministro britânico Boris Johnson, o presidente francês Emmanuel Macron e a chanceler alemã, Angela Merkel. Eles o felicitaram pela vitória e consideram a eleição encerrada.

Leia também: ‘Estamos trabalhando nisso’: Conselheiros do Papa Francisco o alertam sobre COVID-19 e o uso de máscara para proteção contra o vírus 

Ter o papa a bordo também provavelmente tem um significado especial para Biden.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: APNews

ANÚNCIO