Os melhores filmes de terror da Netflix para ver na quarentena

ANÚNCIO

Não há nada melhor do que descobrir um bom filme de terror. Os sustos são novos, os personagens diferentes ​​e nada é previsível (espero). Se você está pronto para se assustar, compilamos uma lista dos melhores filmes de terror (muitas vezes esquecidos) da Netflix para vocês.

Embora haja muitos clássicos no serviço de streaming – incluindo “Sexta-feira 13”, “Brincadeira de criança”, “Atividade paranormal” e “Um pesadelo na rua dos olmos” -, queríamos desviar um pouco do caminho batido e oferecer algo além o tradicional.

ANÚNCIO

Se já houve um tempo para se distrair com a situação inimaginável de alguém com um fantasma ou vampiro, é agora. Vamos conferir?

 

Escrito e dirigido por Gareth Evans, o criador do adorado filme de ação “The Raid”, este filme extremamente excitante se passa em 1905 em uma ilha remota habitada por um culto estranho. Pense no antigo “Midsommar”, mas com um pouco de sobrenatural, estrelado por Dan Stevens e Michael Sheen.

ANÚNCIO

Dirigido por André Ovredal, o criador do divertido “Trollhunter” e a recente adaptação de “Scary Stories”.  “A autópsia de Jane Doe”  possui um elenco minúsculo, a história se passa quase inteiramente nas entranhas de um necrotério depois que o corpo de uma vítima misteriosa é levado para exame.

Uma ambiciosa cam repentinamente se vê bloqueada em sua conta por uma outra pessoa que ocupa o seu lugar. Embora o gancho da tecnologia digital possa ser um truque simples, o filme articula a busca de atenção por vias onlines e o assédio diário enfrentado pelas mulheres.

Não é um filme, mas uma metade excepcional de uma minissérie da BBC. Se você é o tipo de pessoa que pode trocar um final desastroso por um elenco absolutamente repleto de talentos, assista a “Drácula”.

Uma banda de metal é presa desarmada dentro de uma colméia de supremacistas brancos. Um conto de advertência sobre as consequências de entrar em negócios com pessoas más, o filme também apresenta um final decisivo e ótimas atuações de Patrick Stewart, Imogen Poots e o falecido Anton Yelchin. Vale a pena conferir!

Nesta dupla, uma romancista surda que vive sozinha descobre que uma psicopata empunhada por facas está tentando invadir sua casa. É muito divertido ver o diretor Mike Flanagan descobrindo como alternar entre a perspectiva restrita de sua rainha dos gritos e a realidade completa de seu ambiente para obter o máximo efeito.

A rainha do horror Karyn Kusama (“Jennifer’s Body”, “The Outsider”) oferece tensão de ponta centrada em um jantar errado. E é isso, é tudo o que vamos contar, porque é ótimo e você deve experimentar a coisa toda intocada. Isso é bom.

Uma adição atual ao gênero “preso no carro com uma fera do lado de fora”, Zoe Kazan e Ella Ballentine estrelam como mãe e filha cuja viagem é lançada no modo de sobrevivência. Encalhado na estrada com uma criatura desconhecida, é mulher versus fera.

Não sendo especificamente um filme de terror, uma prisão alimenta seus detentos colocando um bufê em um elevador chamado piso zero, todavia conforme o elevador muda de piso os prisoneiros vão se alimentando do bufê sem pensar nos indivíduos de pisos inferiores. Como os recursos falham, não demora muito para a prisão entrar em uma zona de guerra.

 

A adaptação solta do conto de fadas comum, dirigido por Catherine Hardwicke, conta uma versão da história em que uma maldição que cria lobisomens aterroriza mais do que apenas a garota de vermelho (Amanda Seyfried).

Traduzido e adaptado por equipe Saibama.is
Fonte: Variety

ANÚNCIO