Novas evidências sugerem que a COVID-19 pode ser um tipo de doença auto-imune. Aqui está o porquê

ANÚNCIO

O fato de uma pessoa com COVID-19 desenvolver ou não doença grave depende muito de como o sistema imunológico reage ao coronavírus.

Mas os cientistas ainda não sabem por que algumas pessoas desenvolvem doenças graves, enquanto outras apresentam apenas sintomas leves – ou nenhum sintoma. Agora, um novo estudo da Universidade de Yale lança alguma luz sobre o assunto.

ANÚNCIO

A pesquisa, que ainda não foi revisada por pares e publicada em um jornal, sugere que, em pacientes com COVID grave, o corpo produz “autoanticorpos”. São anticorpos que – em vez de atacar o vírus invasor – atacam o sistema imunológico e os órgãos do próprio paciente.

Os pesquisadores tiveram grandes descobertas

Novas evidências sugerem que a COVID-19 pode ser um tipo de doença auto-imune. Aqui está o porquê
Foto: (Reprodução/ Internet).

Os pesquisadores descobriram que as pessoas com COVID grave tinham autoanticorpos que se prendiam a proteínas essenciais envolvidas no reconhecimento, alerta e eliminação de células infectadas com o coronavírus.

Leia também: Coronavírus: Como os europeus estão se preparando para o Natal e Ano Novo

ANÚNCIO

Essas proteínas incluem citocinas e quimiocinas – mensageiros importantes no sistema imunológico. Isso interferia no funcionamento normal do sistema imunológico, bloqueando as defesas antivirais, tornando a doença potencialmente mais grave.

Ligação com doenças autoimunes

Novas evidências sugerem que a COVID-19 pode ser um tipo de doença auto-imune. Aqui está o porquê
Foto: (Reprodução/ Internet).

Há muitos anos, sabe-se que os autoanticorpos estão envolvidos em doenças autoimunes, como a artrite reumatóide e o lúpus.

Fique por dentro: Final de ano, trabalho e o COVID-19: Celebrações e pandemia, como comemorar de forma saudável?

Não se sabe por que algumas pessoas desenvolvem esses anticorpos, mas é provável que seja uma combinação de genética e ambiente. As infecções virais também foram associadas ao aparecimento de algumas doenças auto-imunes.

No início deste ano, os cientistas relataram que os pacientes sem histórico de doenças autoimunes desenvolveram autoanticorpos após receberem COVID.

Novas evidências sugerem que a COVID-19 pode ser um tipo de doença auto-imune. Aqui está o porquê
Foto: (Reprodução/ Internet).

Nesses estudos, os autoanticorpos reconhecem alvos semelhantes aos encontrados em outras doenças autoimunes bem conhecidas, como proteínas normalmente encontradas no núcleo das células.

Leia também: Proteção contra o COVID-19, saiba mais

Estudos posteriores descobriram que pessoas com COVID grave também podem desenvolver autoanticorpos para interferons, proteínas do sistema imunológico que desempenham um papel importante no combate a infecções virais.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: ScienceAlert

ANÚNCIO