Líderes militares estadunidenses colocados em quarentena após testes oficiais positivos

ANÚNCIO

O presidente do Estado-Maior Conjunto e outros líderes militares estão sob quarentena depois que um oficial da Guarda Costeira testou positivo para o coronavírus, disseram duas autoridades americanas.

Leia também: Quanto tempo Trump ficará em quarentena?

O general Mark Milley e os chefes do Exército, da Marinha e da Força Aérea deram negativo para o vírus, mas permanecem em quarentena por precaução, disseram as autoridades, que falaram sob condição de anonimato para discutir informações ainda não divulgadas.

ANÚNCIO

O chefe do Comando Cibernético dos EUA, general Paul Nakasone, também estava entre os que foram colocados em quarentena.

El ejército de EU prepara ejercicios militar en Europa

As autoridades disseram que os líderes militares estavam trabalhando em casa e isso não afetou a prontidão militar.

ANÚNCIO

Acredita-se que 14 oficiais tenham sido potencialmente expostos ao vírus após reuniões na semana passada com o vice-comandante da Guarda Costeira, almirante Charles W. Ray, que teve um teste positivo. As autoridades foram informadas sobre o teste positivo na segunda-feira.

Fique por dentro: Trump, primeira-dama positiva para coronavírus; ele tem ‘sintomas leves’

Não se sabe como Ray contraiu o vírus, mas não se acredita que esteja relacionado ao surto que afetou o presidente Donald Trump e outros na Casa Branca, disseram as autoridades.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: APNews

ANÚNCIO