Hotel do subúrbio leste de Sydney exibe símbolos racistas do coronavírus

ANÚNCIO

Um pub no subúrbio a leste de Sydney foi aberto por exibir sinais racistas e discriminatórios de coronavírus.

Os símbolos atacam a coesão social

Os símbolos, que são rotulados como “plano chinês de coronavírus” e incluem uma série de frases pontiagudas, foram projetados em telas do lado de fora do Maroubra Junction Hotel.

ANÚNCIO

“Acabei de ver isso. É vil”, twittou o deputado federal trabalhista Andrew Giles em resposta às fotos dos símbolos nas redes sociais.

“Nunca há desculpa para o racismo. Agora, é especialmente importante que rejeitemos as forças de ódio e divisão que estão atacando nossa coesão social e diminuindo a todos nós”.

Deputado trata pessoalmente do caso

Giles disse que se aproximou pessoalmente do proprietário e gerente do hotel e pediu que os sinais fossem removidos.

ANÚNCIO
Foto: (reprodução/internet)

“Eles disseram que o removeriam imediatamente, como deveriam”, twittou Giles.

“Isso é totalmente inaceitável.”

Do conteúdo preconceituoso

As fotos das placas postadas online incluem a ilustração de um indivíduo barbudo com óculos e um rabo de cavalo riscado.

Ao lado da imagem, estão as palavras: “Por orientação do NSW Premier: se você é de Melbourne ou parece que é, você será solicitado a sair”.

Foto: (reprodução/internet)

Outro sinal, sob o texto do “plano chinês de coronavírus”, diz: “apenas larvas não lavam as mãos”.

Foto: (reprodução/internet)

 

Traduzido e adaptado por equipe Saibama.is
Fonte: 9news.

ANÚNCIO