Grupo judeu condena leilão de discursos de Hitler na Alemanha

ANÚNCIO

Uma organização judaica europeia proeminente criticou a decisão de uma casa de leilões de Munique de vender várias notas do discurso manuscrito do ditador nazista Adolf Hitler, dizendo na terça-feira que “desafia a lógica, a decência e a humanidade” colocá-los no mercado.

O rabino Menachem Margolin, chefe da Associação Judaica Europeia, com sede em Bruxelas, disse que a próxima venda dos manuscritos é particularmente preocupante em meio a números recentes que mostram o aumento do anti-semitismo na Alemanha e pode encorajar neonazistas.

ANÚNCIO

As notas de discurso oferecidas, todas datadas de antes da Segunda Guerra Mundial, são direcionadas a organizações do partido nazista e colaboradores em várias funções, e fazem referência à preparação da Alemanha para a guerra e o “problema judaico”.

Grupo judeu condena leilão de discursos de Hitler na Alemanha
Problema da ideologia nazista. Foto: (Internet/ Reprodução)

Bernhard Pacher, diretor administrativo do Casa de leilões Hermann Historica, defendeu a venda, dizendo que os papéis pertencem a um museu ou estão nas mãos de pesquisadores como documentos históricos.

Veja também: Museu militar é interditado por expor explosivos da Primeira Guerra ainda ativos

ANÚNCIO

A casa de leilões foi criticada no passado por sua venda de itens da era nazista e afirma que faz um grande esforço para garantir que eles não sejam vendidos a neonazistas, e geralmente são comprados por museus e centros de pesquisa.

Em 2016, ele leiloou um dos uniformes de Hitler por 275.000 euros e anteriormente vendeu uma máquina de escrever e dezenas de outros itens de propriedade do líder nazista, entre outras coisas.

Grupo judeu condena leilão de discursos de Hitler na Alemanha
Bernhard Pacher. Foto: (Reprodução/ Internet).

A casa de leilões também negociou em muitos outros itens de propriedade de figuras históricas famosas, incluindo a escova de dentes de prata e ouro de Napoleão Bonaparte, um sabre que pertenceu ao herói naval britânico almirante Horatio Nelson e uma espada que pertenceu ao famoso sedutor italiano Giacomo Casanova.

Fique por dentro: Uma enorme bomba da segunda guerra mundial explodiu na Polônia durante uma operação de desarmamento

Os preços iniciais das notas de discurso variam entre 2.500 euros e 7.500 euros (US $ 3.000-8.800), o que Pacher disse ser um impedimento por si só para que sejam compradas por extremistas de direita.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: APNews

ANÚNCIO