Governo chinês complica venda de TikTok encomendada pelo governo dos EUA

ANÚNCIO

O governo chinês está complicando a venda de ativos da TikTok dos EUA ordenada pelo governo dos EUA.

A China introduziu na sexta-feira restrições à exportação de tecnologia de inteligência artificial, aparentemente incluindo o tipo que a TikTok usa para escolher quais vídeos enviar para seus usuários. 

ANÚNCIO

Isso significa que o proprietário chinês da TikTok, ByteDance, teria que obter uma licença para exportar quaisquer tecnologias restritas para uma empresa estrangeira.

Foto: (reprodução/internet)

O governo Trump ameaçou banir o TikTok em meados de setembro e ordenou que a ByteDance vendesse seus negócios nos Estados Unidos, alegando riscos de segurança nacional devido à propriedade chinesa. 

Fique por dentro: TikTok processa Trump por causa de sua ordem pendente para banir seu aplicativo

O governo se preocupa com o encaminhamento dos dados do usuário às autoridades chinesas. TikTok nega que seja um risco para a segurança nacional e está processando para impedir o governo da proibição.

ANÚNCIO

Leia também: Walmart pode se juntar à Microsoft na licitação do aplicativo de vídeo TikTok

Os possíveis compradores de ativos da TikTok nos Estados Unidos incluem Microsoft e Walmart e, supostamente, Oracle. A Oracle não quis comentar.

Foto: (reprodução/internet)

As novas restrições do governo chinês podem ser uma “tática para elevar a avaliação” da TikTok, disse o analista da RBC Capital Markets Alex Zukin, que ainda espera um anúncio de negócio “relativamente em breve“.

Veja também: Microsoft confirma planos de compra do TikTok, incluindo usuários australianos

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: APnews

ANÚNCIO