Golpe nos celulares, veja como proteger o seu

Atualmente os aparelhos celulares são uma extensão da vida das pessoas. Eles contêm milhares de informações importantes sobre alguém. Além de aplicativos que acessam contas bancárias, e-mails e mais o próprio número do celular também dá acesso a diversas coisas.

São diversos portais que solicitam dados pessoais e a cada segundo milhares de pessoas adicionam suas informações na internet. São dados como e-mail, endereço, data de nascimento e número do celular. Você sabia que com essa última informação dá pra descobrir muito sobre você?

Existem diversos golpes que utilizam o número do celular das pessoas. Isso coloca em risco não só o número do telefone mas diversos dados associados a ele. Saiba quais são os golpes mais comuns e como se proteger deles.

golpe
Foto: Reprodução/internet

Veja como se proteger em 5 passos.

Golpe usando o  número do celular

A cada dia surgem novas formas de ser fraudado. Com a internet, surgem os hackers que a todo momento descobrem novas formas de roubar dados das pessoas e assim obter lucro. Você sabe quais são os golpes mais comuns?

ANÚNCIO

O mais comum entre os golpes é o chamado de SIM Swap, que é quando alguém se passa por você e usa a sua operadora para redirecionar o seu número para o telefone de outra pessoa. Assim, os fraudadores conseguem convencer as operadoras a adicionarem um novo chip ao seu nome.

Mas o que acontece em um golpe como esse? Alguém pode, em seu nome, enviar mensagens ou fazer ligações para qualquer serviço e obter acesso a outras contas associadas ao seu telefone. Atualmente, diversos serviços solicitam verificação por um número de celular e isso fica facilitado.

Como o golpe acontece

Claro que para as operadoras permitirem esse tipo de operação é necessário passar por algumas perguntas pessoais sobre o dono do chip. Dados e características pessoais que hoje não é difícil encontrar na internet.

Você já parou para pensar que apenas colocando seu nome completo no Google é possível achar um perfil em uma rede social e descobrir quase tudo sobre a sua vida? No facebook, por exemplo, pode-se ver a data do aniversário, cidade, as vezes tipo sanguíneo, características físicas em fotos e até descobrir quem é seu pai, mãe, filhos.

Vemos assim que para um golpista não é difícil encontrar informações pessoais na internet. Por meio do celular, ficou cada vez mais comum compartilhar coisas sobre a vida pessoal e muitas vezes não temos cautela em relação a como essas informações podem ser utilizadas para golpes.

5 atitudes que protegem seu celular de um golpe

Ligações que pedem dados pessoais informando ser de alguma empresa devem ter uma tenção maior. Fornecer dados importantes pelo celular é muito perigoso, principalmente os bancários.

Verificar o número dos principais serviços que você utilizar vai ajudar a proteger seu celular de telefonemas estranhos. Acessar a internet do celular também requer cuidados, afinal, qualquer página duvidosa pode, por meio de programas, acessar seu celular e os dados guardados nele.

Existem algumas pequenas atitudes que podem ser tomadas para evitar que terceiros acessem seu número do celular e roube seus dados, veja abaixo.

  1. Não adicione seus dados em uma página sem autenticação de segurança (o cadeado antes do link)
  2. Nunca informe senhas por ligações ou mensagens
  3. Dê informações que só você sabe às operadoras para que não haja facilidade em trocar seu número
  4. Deixe de utilizar o número do celular como um fator de autenticação. O aplicativo Google Authenticator substitui o SMS que as contas pedem
  5. Em sites de compras redobre atenção
  6. Não acesse links, propagandas em sites, correntes, ou compartilhe coisas duvidosas
ANÚNCIO