Furacão Laura: tempestade tropical ampliada em direção ao Texas e Louisiana

ANÚNCIO

A tempestade tropical Laura, que causou devastação no Caribe, agora foi transformada em furacão em direção ao Texas e à Louisiana.

Estados da Costa do Golfo foram atingidos pela tempestade tropical Marco na segunda-feira, mas agora estão tendo que se preparar para o furacão, que está se intensificando a caminho dos EUA.

ANÚNCIO

Na manhã de terça-feira, o Centro Nacional de Furacões confirmou que Laura havia sido atualizado para um furacão de categoria 1, depois de ter sido registrado movendo-se a 17 mph com ventos máximos sustentados de 75 mph, enquanto sobre o Golfo do México.

Tempestade Laura se transforma em furacão no Golfo do México e ...
Foto: (reprodução/internet)

O furacão deve atingir as costas do Texas e da Louisiana na quarta-feira, antes de atingir a terra na quinta-feira, de acordo com a CBS News.

Havia preocupações nos estados de que Marco e Laura causassem devastação dentro de 48 horas um do outro, mas o primeiro foi rebaixado para depressão tropical não muito depois de ter alcançado a terra na segunda-feira.

ANÚNCIO

Seguindo o progresso de Laura pelo Caribe, a República Dominicana e o Haiti confirmaram juntos pelo menos 11 mortes.

Os meteorologistas preveem que o Laura vai se fortalecer ainda mais antes de atingir os EUA na quarta-feira, e pode se tornar um furacão de categoria 3 com ventos de até 115 mph.

No início da semana, o governador da Louisiana, John Bel Edwards, disse a repórteres que estava preocupado com o fato de “não haver muito espaço” para organizar os esforços de resgate entre as tempestades, mas agora precisa se concentrar apenas no impacto do furacão.

Milhares de pessoas foram evacuadas de suas casas em estados costeiros, pois o centro de furacões disse que “os preparativos para proteger vidas e propriedades devem ser concluídos às pressas” e advertiu que “esta é uma situação de risco de vida”.

Tempestade tropical Laura se tornará furacão a caminho dos EUA ...
Foto: (reprodução/internet)

O centro acrescentou: “As pessoas localizadas nessas áreas devem tomar todas as medidas necessárias para proteger vidas e propriedades contra o aumento da água e o potencial para outras condições perigosas. Siga prontamente a evacuação e outras instruções das autoridades locais. ”

O prefeito Thurman Bartie, de Port Arthur, Texas, alertou que, a menos que a situação mude, ele pedirá aos 54.000 residentes da cidade que evacuem e acrescentou: “Se você decidir ficar, ficará por sua conta”.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: INDEPENDENT

ANÚNCIO