Facebook exclui Donald Trump Post alegando que COVID é menos mortal que a gripe

ANÚNCIO

O presidente Trump, escondido na Casa Branca após ser infectado com o coronavírus, afirmou falsamente em postagens no Facebook e no Twitter na terça-feira que o COVID-19 é “muito menos letal” do que a gripe sazonal.

O Facebook removeu a postagem do presidente estadunidense, citando uma violação da política da rede social contra a desinformação do COVID-19.

ANÚNCIO

Removemos informações incorretas sobre a gravidade do COVID-19 e agora removemos esta postagem”, disse um representante do Facebook em um comunicado.

Facebook workers criticize Zuckerberg's inaction over Trump
Foto: (Reprodução/ Internet).

O Twitter deixou a postagem de Trump  aberta, mas a escondeu atrás de uma etiqueta de aviso que dizia:

Este tweet violou as regras do Twitter sobre a divulgação de informações enganosas e potencialmente prejudiciais relacionadas ao COVID-19. No entanto, o Twitter determinou que pode ser do interesse público que o Tweet permaneça acessível.

ANÚNCIO

Nas postagens, Trump escreveu:

A temporada de gripe está chegando! Muitas pessoas todos os anos, às vezes mais de 100.000, e apesar da vacina, morrem de gripe. Vamos fechar o nosso país? Não, aprendemos a conviver com isso, assim como estamos aprendendo a conviver com Covid, na maioria das populações muito menos letais !!!

Report: Facebook pleaded with Trump to tone down George Floyd post - Business Insider
Foto: (Reprodução/ Internet).

Trump – mesmo depois de contrair o coronavírus – minimizou a ameaça da pandemia, dizendo aos apoiadores em um tweet na segunda-feira (contra o qual o Twitter não tomou nenhuma atitude): “Não tenha medo de Covid. Não deixe isso dominar sua vida. ”

Leia também: Quanto tempo Trump ficará em quarentena?

Mais de 210.000 norte americanos morreram da doença até agora. Trump já havia ridicularizado o uso de máscaras protetoras, realizado comícios de campanha que não conseguiam impor precauções de distanciamento social e promovido tratamentos médicos não comprovados e potencialmente perigosos.

Facebook, Twitter Remove Trump Post Over “Harmful Coronavirus Misinformation” - OnoBello.com
Foto: (Reprodução/ Internet).

Os críticos do Facebook e do Twitter reclamaram que nenhuma das plataformas faz o suficiente para conter a desinformação que flui por suas redes em geral – e que permitem que Trump, em particular, espalhe informações falsas. Ambas as empresas tomaram medidas seletivas contra as postagens de violação de Trump. 

Fique por dentro: Trump, primeira-dama positiva para coronavírus; ele tem ‘sintomas leves’

Por exemplo, no mês passado, o Facebook e o Twitter colocaram rótulos de advertência nas mensagens de Trump, sugerindo que os eleitores dos EUA votaram nas cédulas e, em seguida, também apareceram pessoalmente nas pesquisas locais para “ver se sua correspondência foi tabulada (contada) ou não ” e, se não, lançar outra cédula.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte:  Variety

ANÚNCIO