Extinção: sucesso de conservação contra 31 espécies perdidas

ANÚNCIO

O bisão europeu deu um passo para trás da beira da extinção, de acordo com uma atualização da lista oficial de extinção.

O maior mamífero terrestre da Europa quase foi exterminado pela caça e desmatamento um século atrás, mas os números agora aumentaram para mais de 6.000 em rebanhos selvagens em todo o continente.

ANÚNCIO

A recuperação é considerada uma história de “sucesso de conservação”.

31 espécies de plantas e animais foram extintas na última contagem

Extinção: sucesso de conservação contra 31 espécies perdidas
A partir da década de 1950, os bisões europeus começaram a ser reintroduzidos na natureza. Foto: (Reprodução/ Internet).

Eles incluem sapos, peixes, várias plantas e um morcego.

A lista de extinção da IUCN (União Internacional para a Conservação da Natureza) avalia as perspectivas de sobrevivência de plantas, animais e fungos.

ANÚNCIO

Leia também: 212 ativistas e protetores ambientais foram mortos no ano passado

Na terceira e última atualização deste ano, o Dr. Bruno Oberle, diretor-geral da IUCN, disse que a recuperação do bisão europeu e de 25 outras espécies demonstrou “o poder da conservação”.

Mas a lista crescente de espécies extintas “é um forte lembrete de que os esforços de conservação devem expandir-se urgentemente“, acrescentou.

Extinção: sucesso de conservação contra 31 espécies perdidas
O boto tucuxi encontrado no rio Amazonas está em perigo Foto: (Reprodução/ Internet).

A IUCN já avaliou quase 130.000 espécies de plantas e animais, das quais mais de um quarto estão ameaçadas de extinção.

Leia também: O clima britânico é único no mundo?

Apesar das boas notícias para animais como o bisão europeu, um total de 31 espécies foram declaradas extintas, incluindo três sapos da América Central, 17 peixes de água doce das Filipinas, o morcego de orelhas compridas Lord Howe e 11 espécies de plantas.

Extinção: sucesso de conservação contra 31 espécies perdidas
O condor andino é uma das maiores aves voadoras do mundo. Foto: (Reprodução/ Internet).

As rãs foram atingidas por uma doença fúngica mortal, enquanto os peixes desapareceram devido à predação por espécies introduzidas e à pesca excessiva.

Veja também: Mudança climática: Grande Seca nos EUA ‘já está em andamento’

Um golfinho encontrado no rio Amazonas, o tucuxi, está classificado como ameaçado de extinção. Todos os golfinhos de água doce do mundo estão ameaçados.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: BBC Science

ANÚNCIO