Espanha atinge 1 milhão de casos COVID-19 confirmados

ANÚNCIO

A Espanha se tornou esta semana o primeiro país da Europa Ocidental a registrar mais de 1 milhão de infecções confirmadas, enquanto luta para conter o ressurgimento do novo coronavírus.

O país de 47 milhões de habitantes está entre os mais atingidos pela pandemia COVID-19, com mais de 34.000 mortes atribuídas à doença.

ANÚNCIO

Depois de ser controlado durante um bloqueio nacional na primavera, o vírus começou a se espalhar novamente alguns meses depois que as restrições foram suspensas e as pessoas começaram a se mover e se socializar novamente.

Espanha atinge 1 milhão de casos COVID-19 confirmados
(AP Photo / Bernat Armangue)

Em setembro, os hospitais de Madri estavam mais uma vez começando a encher, já que a Espanha registrava o maior número de novas infecções nos 27 países da União Europeia.

Os casos confirmados ultrapassaram a marca de 1 milhão na quarta-feira, quando quase 17.000 novas infecções foram adicionadas.

ANÚNCIO

Leia também: Autoridades de Madri relutantemente preparam cidade para bloqueio parcial

Especialistas dizem que o número real é provavelmente muito maior porque testes insuficientes, casos assintomáticos e outros problemas impedem as autoridades de capturar a verdadeira escala do surto.

Espanha atinge 1 milhão de casos COVID-19 confirmados
(AP Photo / Bernat Armangue)

Como em outras partes da Europa, o ressurgimento levou as autoridades a impor restrições a viagens e reuniões sociais. 

O toque de recolher está sendo considerado em algumas das áreas mais afetadas, incluindo a capital, Madrid. 

Leia também: Madrid luta contra a 2ª onda de pandemia mais aguda da Europa

A região norte de Navarra proibiu viagens não essenciais de e para a região.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: APNews

ANÚNCIO