Empréstimo Bolsa Família: saiba como solicitar em 2020

O Bolsa Família é um recurso que o governo disponibiliza para as famílias que possuem baixa renda. O objetivo é que todos consigam ter direito à alimentação, à educação e à saúde.

Hoje, existem mais de 13,9 milhões de famílias que já recebem ajuda desse programa por todo o Brasil. O alvo são as famílias que se encontram em estado de pobreza, ou extrema pobreza. Para conseguir participar, é preciso estar inserido no cadastro de programas sociais do governo.

Mas, além do benefício, eles possuem a opção de empréstimo. Assim, os beneficiados do programa conseguem ter um dinheiro para empreender ou investir em algo que aumente a renda da família.

bolsa família
Foto: (reprodução/internet)

Se você está precisando de uma ajuda, talvez essa possa ser uma boa alternativa. Entenda como funciona este empréstimo e quais serão as taxas ao solicitá-lo neste artigo.

O empréstimo do Bolsa família

Este empréstimo vai ser dado como um microcrédito. Ou seja, as pessoas que possuem algum projeto de empreendimento terão um incentivo para melhorar seu negócio ou até mesmo tirar do papel aquela ideia que estava tendo para uma renda extra na família.

ANÚNCIO

Para ter acesso ao empréstimo, primeiramente a pessoa precisa ser inscrita no Cadastro Único do governo. Caso você já esteja cadastrado, certifique-se que está atualizado, pois também é um dos requisitos.

Quem disponibiliza os pagamentos do Bolsa Família é a Caixa Econômica Federal e, neste caso, também é ela que vai liberar o crédito para o seu empréstimo. E os valores que podem ser disponibilizados vão de R$ 300 reais até R$ 15.000.

Como solicitar meu empréstimo Bolsa Família?

Primeiramente, você precisa estar dentro de todos os requisitos necessários, que serão:

  • Estar cadastrado no Bolsa Família;
  • Ter o cadastro do Cadastro Único atualizado;
  • Ser considerado em estado de pobreza;
  • As mulheres precisam participar de todas as ações do MSD – Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.
  • Ter todos os filhos, seja criança ou adolescente, com as matrículas e a presença ativa na escola;
  • Ter outra renda fixa;
  • Ter um fiador para assegurar seu empréstimo.

Caso tudo isso esteja certo, você precisa separar alguns documentos pessoais, como o RG, comprovante de renda, comprovante de residência, a inscrição do seu Cadastro Único, a carteira de trabalho e o seu cartão do benefício Bolsa Família.

Depois de ter todos os documentos em mãos, basta ir a uma agência da Caixa com o seu fiador. Como é um dos bancos com mais agências no Brasil, certamente terá uma perto de você. Quando chegar, basta se encaminhar ao balcão de informações para saber onde é possível fazer a solicitação de seu empréstimo.

Taxas de juros

As taxas não são previamente liberadas pelo programa, você terá acesso a ela de acordo com o valor do empréstimo solicitado. O que podemos te adiantar, é que este empréstimo possui uma baixa taxa de juros, por conta do público-alvo. Além do mais, a quantidade de parcelar também irá interferir no valor e qual é sua renda atual.

Telefone da Caixa para mais informações

Para mais informações você pode entrar em contato com o banco através do número 0800 726 0101, para todas as regiões. E também tem o número específico para o Caixa Cidadão, que seria o 0800 726 0207. Caso você prefira, as agências da Caixa também disponibiliza informações sobre o programa.

ANÚNCIO