Dwayne Johnson e Dany Garcia compram a XFL por US $ 15 milhões com a RedBird Capital como parceira

ANÚNCIO

A XFL foi vendida para um grupo que inclui a ex-estrela da WWE Dwayne “The Rock” Johnson, dando à liga de futebol falida o tipo de poder de estrela que pode atrair até fãs não esportivos.

ANÚNCIO

Johnson, ator e produtor que jogou futebol americano universitário na Universidade de Miami, fez uma parceria com a RedBird Capital de Gerry Cardinale para comprar a liga apenas algumas horas antes do início do leilão planejado.

Eles pagaram US $ 15 milhões, dividindo igualmente. O parceiro de negócios de Johnson, Dany Garcia, que também é sua ex-esposa, também será parte interessada.

O RedBird fez uma série de investimentos relacionados ao esporte, incluindo alguns relacionados à Liga Nacional de Futebol e seus jogadores.

ANÚNCIO

Enquanto isso, a presença de Johnson continua o envolvimento da luta profissional na liga de futebol da primavera, que foi fundada – e financiada – pelo presidente e CEO da WWE, Vince McMahon.

A XFL entrou em falência em abril, depois que a pandemia do COVID-19 provocou o cancelamento de sua temporada inaugural, que teve um início promissor em termos de audiência na televisão. A liga tinha um acordo de transmissão com a Fox.

Em seu pedido de falência, a Alpha Entertainment, controladora da XFL, listou a liga com ativos e passivos na faixa de US $ 10 milhões a US $ 50 milhões.

McMahon anunciou o reinício da XFL em 2018 e passou dois anos desenvolvendo a liga de oito equipes.

O XFL atraiu mais de 3 milhões de espectadores em sua primeira semana. A audiência tinha cerca de metade desse número na quinta e última semana antes do encerramento.

O XFL original, criado em 2001 em parceria com a NBC, dobrou após uma temporada.

O presidente da XFL, Jeffrey Pollack, supervisionou o processo de venda da liga.

Traduzido e adaptado por equipe Saibama.is
Fonte: Variety

ANÚNCIO