Descoberta no México revela a curiosidades sobre sacrifícios do povo asteca

ANÚNCIO

A incrível descoberta de uma ‘torre dos crânios’ nos México deixou muitos horrorizados, tendo em vista a revelação de que essa torre foi construída por conta de mais de 100 sacrifícios. 

Os arqueólogos encontraram na última sexta-feira os restos mortais de mais de 119 pessoas, isso foi descoberto na capital mexicana e deixou todos surpresos, pois havia crânios também de várias crianças.

ANÚNCIO

A nova descoberta foi anunciada por Huey Tzompantli, após cinco anos que o lado do noroeste da torre foi encontrado. 

Descoberta no México revela a curiosidades sobre sacrifícios do povo asteca
Foto: (Reprodução/ Internet).

Os pesquisadores acreditam que a torre era um alerta para os inimigos do povo asteca na época das colonizações, sendo assim as caveiras eram sacrifícios de colonizadores europeus por volta do ano de 1521. 

Leia também: Lendária máquina Enigma Nazista é descoberta por mergulhadores

ANÚNCIO

O que tudo indica é que essas pessoas eram mortas como uma forma de apaziguar a fúria dos deuses, isso de acordo com os estudos relatados pelo Instituto Nacional de História e antropologia do México

Pensa-se que a torre, com 4,7 metros (15,4 pés) de diâmetro, foi construída por volta do final do século XV.

Descoberta no México revela a curiosidades sobre sacrifícios do povo asteca
Foto: (Reprodução/ Internet).

Essa grande curiosidade se encontra na área do templo Mayor, um dos principais templos maias presentes na capital de Tenochtitlan na história moderno da Cidade do México. 

Fique por dentro: Radiografias de múmias egípcias revelam uma descoberta surpreendente

No total, no local deve ter em média mais que 600 caveiras. Portanto, é possível ver que em grande parte da história da América Latina o sacrífico humano havia sido como uma forma de dar continuidade a existência humana no universo.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: ScienceAlert

ANÚNCIO