Creches na Finlândia construiu um ‘piso de floresta’ e mudou o sistema imunológico das crianças

ANÚNCIO

Brincar com a vegetação e o lixo de uma pequena floresta rasteira por apenas um mês pode ser o suficiente para mudar o sistema imunológico de uma criança, de acordo com um pequeno experimento. 

Quando as creches na Finlândia desenrolaram um gramado, plantaram vegetação rasteira, e permitiram que as crianças cuidassem das plantações em caixas de plantio, a diversidade de micróbios nas vísceras e na pele das crianças parecia mais saudável em muito curto espaço de tempo. 

ANÚNCIO

Em comparação com outras crianças da cidade que brincam em creches urbanas padrão com metros de calçada, ladrilhos e cascalho, crianças de 3, 4 e 5 anos nessas creches verdes na Finlândia mostraram aumento de células T.

Creches na Finlândia construiu um 'piso de floresta' e mudou o sistema imunológico das crianças
Foto: (Reprodução/ Internet)

Também descobriram que a microbiota intestinal das crianças que receberam verdura era semelhante à microbiota intestinal das crianças que visitam a floresta todos os dias.

Saiba mais: Vacina COVID-19: Já estão testando injeções em crianças

ANÚNCIO

Pesquisas anteriores mostraram que a exposição precoce a espaços verdes está de alguma forma ligada ao bom funcionamento do sistema imunológico, mas ainda não está claro se essa relação é causal ou não.

O experimento na Finlândia é o primeiro a manipular explicitamente o ambiente urbano de uma criança e depois testar as mudanças em seus corpos e, por sua vez, no sistema imunológico de uma criança. 

Creches na Finlândia construiu um 'piso de floresta' e mudou o sistema imunológico das crianças
Foto: (Reprodução/ Internet)

Embora as descobertas não contenham todas as respostas, elas apoiam uma ideia importante – a saber, que uma mudança nos micróbios ambientais pode afetar com relativa facilidade um microbioma bem estabelecido em crianças, ajudando seu sistema imunológico no processo.

O vínculo com a natureza quando criança também é bom para o futuro dos ecossistemas do nosso planeta.

Veja também: Animais de estimação podem ser um tampão para a saúde mental durante o estresse da quarentena

Estudos mostram que crianças que passam tempo ao ar livre têm mais probabilidade de se tornar ambientalistas quando adultos e, em um mundo em rápida mudança, isso é mais importante do que nunca.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: ScienceAlert

ANÚNCIO