Coronavírus – Wisconsin desafia seu próprio bloqueio para votar

O estado norte-americano de Wisconsin avançou com uma eleição na terça-feira, apesar de uma ordem de permanência em casa em todo o estado, em meio à escalada do surto de coronavírus.

Os eleitores enfrentaram longas filas em um número limitado de assembleias de voto, onde alguns funcionários usavam roupas de proteção.

O governador tentou adiar as primárias para junho, mas foi bloqueado na segunda-feira pela Suprema Corte do estado.

Na votação estavam Joe Biden e Bernie Sanders, que disputam o cargo de candidato democrata à presidência.

O eventual vencedor desafiará o presidente Donald Trump, republicano, em novembro.

ANÚNCIO

Escritórios locais também estavam em votação, e um assento na Suprema Corte do estado.

Wisconsin é o primeiro estado em três semanas a realizar uma primária com votação pessoal desde que ordens de permanência em casa varreram o país em meio à pandemia de coronavírus. O estado Badger impôs seu próprio bloqueio em 25 de março.

Todos os outros estados adiaram suas eleições para a primeira temporada ou passaram a votar pelos correios, enquanto o país permanece no meio de sua emergência de saúde.

Wisconsin registrou mais de 2.500 casos de coronavírus e 92 mortes.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais.

Fonte: BBC.

ANÚNCIO