Como fica o processo de contratação agora?

O mundo foi surpreendido por uma doença que veio e acabou mudando muitas coisas. A natureza está se comportando de maneira diferente, os afetos não são mais os mesmos, por medo e por prevenção. Porém, o que mais foi afetado com certeza foi a economia.

Com isso, até as formas de contratação tiveram que mudar. Uma pandemia que assusta milhares de brasileiros e nos faz ter mais cuidado com o contato físico com certeza afeta a maneira como as empresas começaram a se portar com seus colaboradores.

O Governo orientou que tivesse um momento de quarentena, no qual as pessoas não estavam nem podendo ir ao trabalho. Para os lugares que ainda estavam funcionando, também tinha uma orientação em relação à distância das pessoas.

processo de contratação
Foto: (reprodução/internet)

Entretanto, por mais que algumas empresas tivessem que rever seus quadros de funcionários, outras tiveram um crescimento e precisavam contratar novas pessoas.

Mas então, como essas empresas estão fazendo para contratar novos colaboradores? É exatamente sobre isso que falaremos hoje. Aproveite para conhecer algumas oportunidades que surgiram vieram mesmo em um momento tão ruim.

ANÚNCIO

Uma mudança que marcou o mundo

Com um alcance mundial de um novo vírus, era claro que algumas mudanças ficariam marcadas na vida de todo mundo. Além dos contatos sociais, que certamente sofreram alterações, o modo em que as pessoas começaram a interagir com suas atividades também mudou.

Muitas pessoas afirmam que os serviços oferecidos presencialmente podem não ser tão atrativos como os delivery mais. Ainda existia uma grande dificuldade em pedir coisas através de aplicativos e muitos estabelecimentos ficavam cheios, mas por conta do período que precisamos ficar em casa, isso mudou e talvez seja uma mudança permanente.

Maior confiança nos consumidores

Os aplicativos ficaram mais conhecidos e, por precisar usar mais, gerou até uma confiança maior nas pessoas. Pedir suas compras por um app não era um serviço que todos os estabelecimentos ofereciam, mas foi necessário para que eles continuassem abertos e as pessoas se alimentando.

Ao usar esse tipo de serviço, ficou claro a facilidade e o conforto de não precisar se deslocar, bastando apenas pedir tudo através de um telefone.

E as contratações?

Falando diretamente das empresas que ainda estão com muitas demandas e, consequentemente, precisam continuar com todo o processo de contratação, elas também tiveram que se adaptar. A primeira coisa que mudou foi para o caso dos estagiários e jovens aprendizes.

Com as faculdades e escolas paradas, o Governo também paralisou todo e qualquer processo de contratação para jovens, mas aos poucos isso já está sendo liberado. Para o caso dos outros cargos, as empresas começaram a adotar mais ainda ao processo seletivo online.

Todo o processo de enviar e assinar documentação está sendo feito via e-mail e, no período de ficar em casa, muitos cargos foram adaptados para o trabalho remoto. Esse é o momento de saber se vale a pena ou não inserir a opção de home office na empresa.

Conclusão

Concluímos então que todo o processo de contratação está sim diferente, mas as empresas estão se adaptando e algumas mudança podem ser permanentes e bem eficientes para todo esse processo.

ANÚNCIO