Com a segunda onda devastando a Europa, países da União Europeia podem a vacina até Abril de 2021

ANÚNCIO

A entrega de potenciais vacinas Covid-19 aos países da União Europeia poderia começar para valer em abril, disse a chefe da presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen.

A comissão está propondo uma série de novas medidas para combater a pandemia, dizendo que o novo aumento de infecções no continente é “alarmante”.

ANÚNCIO

A Europa novamente parece ser o epicentro da pandemia mundial. A Bélgica é um ponto quente e muitos países também sofrem taxas diárias recordes de infecção.

Com a segunda onda devastando a Europa, países da União Europeia podem a vacina até Abril de 2021
Foto: (Reprodução/ Internet)

O vírus está se espalhando rapidamente na Holanda, grande parte da Espanha e da República Tcheca, e Alemanha e França estão se preparando para novos bloqueios.

Leia também: Psicólogos informam o traço de personalidade que torna mais complicado o bloqueio

ANÚNCIO

A Bélgica tem o maior número cumulativo de casos de Covid-19 em 14 dias por 100.000 cidadãos, superando apenas a República Tcheca, de acordo com o Centro Europeu para Prevenção e Controle de Doenças.

Com 1.390,9 por 100.000 pessoas, supera de longe até a França e a Espanha. Ao todo, 11.038 pessoas morreram até agora na pandemia na Bélgica.

Com a segunda onda devastando a Europa, países da União Europeia podem a vacina até Abril de 2021
Foto: (Reprodução/ Internet)

Na terça-feira, 689 pessoas foram levadas às pressas para o hospital com Covid-19, 60 a mais do que o recorde durante o pico de março.

Leia também: Animais de estimação podem ser um tampão para a saúde mental durante o estresse da quarentena

A Alemanha também sofreu mais 27 mortes relacionadas com Covid, aumentando seu número total de mortos para 10.098.

Com a segunda onda devastando a Europa, países da União Europeia podem a vacina até Abril de 2021
Foto: (Reprodução/ Internet)

A Polônia também atingiu um novo recorde de infecções diárias, com pelo menos 18.800 casos, e 236 novas mortes relacionadas à Covid foram registradas.

Fique por dentro: COVID-19: Estudo de presídios mostra que até mesmo pequenos encontros podem ser prejudiciais

A Itália também registrou na terça-feira o maior total de um dia na pandemia – quase 22.000 novos casos – e mais 221 mortes.

Com a segunda onda devastando a Europa, países da União Europeia podem a vacina até Abril de 2021
Foto: (Reprodução/ Internet)

Protestos foram feitos em algumas cidades italianas contra toques de recolher noturnos em algumas regiões.

Na semana passada, a comissão disse que compraria até 22 milhões de testes de antígeno para atender às “necessidades imediatas” dos países da UE. Agora, está pedindo aos Estados que comprem mais por meio de um esquema de aquisição conjunta. 

Veja também: ‘Estamos trabalhando nisso’: Conselheiros do Papa Francisco o alertam sobre COVID-19 e o uso de máscara para proteção contra o vírus

Ele também disse que os estados devem ter requisitos de teste comuns para os viajantes que chegam, incluindo testes na chegada, se os testes não estiverem disponíveis no país de partida.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: INDEPENDENT

ANÚNCIO