Chadwick Boseman deixou saudade, as crianças do mundo todo lamentam a perda do Pantera Negra

ANÚNCIO

Em suas calçadas ou em seus quartos, usando pequenas caixas de papelão ou pilhas de terra de quintal, os jovens fãs da estrela de “Pantera Negra” Chadwick Boseman prestaram suas homenagens com muitas saudações Wakanda e funerais simulados assistidos por action figures.

Leia também: Chadwick Boseman se casou com Taylor Simone antes de sua morte

Logo após a notícia chocante da morte de Boseman na sexta-feira aos 43 anos, pais, avós, tias e tios começaram a postar fotos de funerais encenados por crianças para King T’Challa, o personagem principal do ator no blockbuster da Marvel.

ANÚNCIO

Algumas dessas postagens foram compartilhadas milhares de vezes em meio a uma onda de pesar de admiradores de todas as idades, que não sabiam que ele lutava contra o câncer de cólon há quatro anos.

Esta foto de combinação mostra, a partir da esquerda, Gavyn Batiste, 7, vestido como Pantera Negra e rodeado por figuras de ação em Lafayette, Louisiana. Em 31 de agosto de 2020, o ator Chadwick Boseman no personagem T’Challa em “Pantera Negra” e 10 os gêmeos Lenny de um ano de idade, à esquerda, e Bobby Homes prestando homenagem a Boseman em sua casa em Mesa, Arizona, em 31 de agosto de 2020. Boseman morreu de câncer de cólon na sexta-feira, 28 de agosto, aos 43 anos. (Takiyah Dupas, Marvel Studios, Annalie Homes via AP)

Outros jovens fãs lamentaram de forma mais privada, assistindo “Black Panther” e “42” pela enésima vez com suas famílias em homenagem a Boseman.

Leia Também: Chadwick Boseman, estrela do Pantera Negra, morreu de câncer aos 43 anos.

Para muitas crianças, seu falecimento foi um acontecimento na vida, impulsionado pelos agentes de mudança que ele retratou, mas também por seus comentários sinceros em discursos de premiação e entrevistas sobre a necessidade de mais oportunidades para pessoas de cor.

ANÚNCIO

O rei T’Challa de Boseman, governante da fictícia nação africana de Wakanda, foi apresentado em 2016 no “Capitão América: Guerra Civil”. Sua saudação “Wakanda Forever” reverberou em todo o mundo após o lançamento de “Black Panther” há dois anos.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: APNews

ANÚNCIO