Cena de racismo praticado por idoso durante voo é filmada

ANÚNCIO

A família e os amigos de um homem filmado difamando racialmente uma mulher a bordo de um voo da Ryanair cortaram laços com ele enquanto a polícia investiga o incidente.

Oficiais de investigação entrevistaram formalmente David Mesher ontem em seu apartamento comunitário em Birmingham.

ANÚNCIO

O aposentado de 75 anos é o sujeito de um choque mundial por seu comportamento em vídeo realizado durante um voo da Ryanair de Barcelona para Londres.

Foto: (reprodução/internet)

Nas filmagens, Mesher é visto chamando a passageira Delsie Gayle, 77 anos, de um “bastarda preta e feia” e gritando para ela não falar com ele em uma língua estrangeira.

A filha de Gayle questionou por que Mesher poderia continuar no voo após seu comportamento ofensivo.

ANÚNCIO

“Mamãe está realmente chateada e estressada com essa situação, além do sofrimento que ela já está experimentando. Quanto a mim, também estou chateada com a coisa toda – o fato de o passageiro não ter sido retirado do avião e como a situação foi resolvida”, afirmou.

Embora Mesher nunca tenha sido casado e não tenha filhos, um parente que optou por não ser identificado, disse ao Telegraph do Reino Unido que esperava que ele fosse preso se considerado culpado do crime.

“Alguém naquele avião deveria ter feito algo. Eu não ligo se ele é sangue. Ele deveria ser colocado em uma prisão espanhola, eu acho”, disse o parente.

Outro amigo disse que o comportamento de Mesher no vídeo estava fora de caráter.

“Não consigo entender por que ele fez tudo isso”, disse o amigo.
O vídeo foi visto online quase duas milhões de vezes e a Ryanair divulgou um comunicado dizendo que “não tolerará comportamentos indisciplinados como este”.

A companhia aérea foi criticada por mudar a sra. Gayle de lugar e permitir que Mesher permanecesse em seu assento pelo restante do voo.

 

Traduzido e adaptado por equipe Saibama.is
Fonte: 9news.

ANÚNCIO