Descubra o que é e como funciona o Cadastro Positivo

ANÚNCIO

O Governo aprovou uma nova lei sobre o Cadastro Positivo. A ideia central é auxiliar as pessoas na busca por uma vida financeira mais equilibrada e até mesmo mais justa. Mas, você sabe o que é o Cadastro Positivo?

Com a mudança, todo mundo que tiver movimentações financeiras vai ter o Cadastro automático. Assim, as empresas poderão consultar a pontuação financeira de cada pessoa, de cada CPF. Continue lendo para saber mais sobre essas mudanças.

ANÚNCIO
cadastro positivo
Foto: (reprodução/internet)

O que é o Cadastro Positivo

O Cadastro Positivo é um sistema criado por várias instituições financeiras e de crédito que lista aqueles clientes ou futuros clientes que são bons pagadores e também os que não são.

A ideia é justamente essa: fazer uma seleção das pessoas que tem melhor histórico de pagamentos, que não atrasam o pagamento de dívidas e por aí vai.

Nesses cadastros dá para ver, por exemplo, os totais financiados, as quantidades de financiamentos, os valores financiados e pagos, as parcelas, o comportamento e a pontualidade de cada CPF, isto é, de cada pessoa.

ANÚNCIO

E por que existem esses cadastros? Justamente para que essas empresas tenham uma ideia do risco de crédito que a pessoa representa no mercado. A partir disso, elas podem negar ou aprovar pedidos de empréstimos, cartões de crédito, etc.

O que diz a lei

Se você acha que o Cadastro Positivo é algo fora da lei está enganado. A lei 12.414/2011 foi alterada e garante, a partir de 9 de julho de 2019, que exista a inclusão automática das pessoas (físicas e jurídicas) no Cadastro Positivo.

Isso vale para todas que possuem empréstimos, financiamentos, compras a prazo ou contas de consumo, especialmente aquelas sobre assuntos como luz, energia, água e telefone.

O Governo e os governantes se basearam no fato de que mais de 70 países usam o Cadastro Positivo de forma positiva para o mercado financeiro. E, com essa alteração na lei, o consumidor continua tendo a sua pontuação financeira, chamada de score financeiro.

E quem vê as informações financeiras das pessoas? Empresas que realizam operações de crédito, obviamente. Além de bancos, comércio, prestadores de serviços, entre outros.

É bom para os consumidores?

Apesar de não parecer, muitos economistas e especialistas garantem que o Cadastro Positivo também é bom para os consumidores. Para comprovar isso, eles citam algumas vantagens.

Entre elas: a facilidade para obter crédito, para acompanhar pagamentos, para acompanhar a pontuação de crédito individual, para aumentar a confiança com o lojista, para aumentar o acesso ao crédito e diminuir a taxa de inadimplência.

Onde ficam os Cadastros Positivos

Se você achou ruim ter esse cadastro, que agora é automático, saiba que poderá realizar o cancelamento ou a reabertura dele através de um Gestor de Banco de Dados. Aliás, são esses gestores que possuem as suas informações.

No Brasil, são 4 os GBDs: o Boa Vista, o Quod (Gestora de Inteligência de Crédito), o Serasa Experian e o SPC Brasil.

Nas páginas desses gestores citados dá para ter uma ideia geral sobre como funciona o Cadastro Positivo em cada um deles. Inclusive, o SPC Brasil tem um vídeo explicativo que fala sobre isso, assista.

Central de Atendimento

Central de Atendimento e Ouvidoria 0800 776 6606
(ligação gratuita para todo Brasil).

ANÚNCIO