Biden “luta contra as lágrimas” enquanto Kamala Harris fala sobre sua amizade com seu falecido filho Beau

ANÚNCIO

Harris e Beau Biden eram senadores dos EUA no início de 2010 e trabalharam juntos para negociar com bancos americanos durante a crise de execução hipotecária. Ela escreveu em suas memórias que havia períodos em que “Beau e eu conversávamos todos os dias, às vezes várias vezes por dia” no telefone, e que ele era um “amigo e colega incrível”.

Quando Beau Biden morreu de câncer no cérebro em 2015, aos 46 anos, Biden e Harris compartilharam sua dor pela perda.

ANÚNCIO

Durante seu primeiro discurso como companheira de chapa de Biden, Harris refletiu sobre o tempo que passaram juntos.

“Desde que recebi o telefonema de Joe, tenho pensado no primeiro Biden que realmente conheci e que, claro, era o filho amado de Joe – um de seus filhos amados – Beau.
Aprendi rapidamente que Beau era o tipo de cara que inspirava as pessoas a serem uma versão melhor de si mesmas. Ele realmente foi o melhor de nós. E quando eu perguntaria a ele, onde você conseguiu isso? De onde veio isso, ele sempre falava sobre seu pai.
E eu vou te dizer que o amor que eles compartilharam foi incrível de assistir. Foi a mais bela demonstração de amor entre pai e filho.
E Beau falava sobre como Joe passava quatro horas todos os dias andando de trilhos de Bloomington a Washington para que pudesse preparar o café da manhã para os filhos e chegar em casa a tempo de colocá-los na cama todas as noites.
Tudo isso para que dois meninos, que acabavam de perder a mãe e a irmã em um trágico acidente, soubessem que o mundo ainda estava girando.”

 

ANÚNCIO

A primeira esposa de Biden, Neilia Hunter, e sua filha Naomi, de um ano, morreram em um acidente de trânsito em 1972. Seus filhos Hunter e Beau Biden sobreviveram ao acidente.

De acordo com repórteres presentes durante o discurso de Harris, Biden “lutou contra as lágrimas” enquanto ouvia do fundo do palco.

E Beau falava sobre como Joe passava quatro horas todos os dias andando de trilhos de Bloomington a Washington para que pudesse preparar o café da manhã para os filhos e chegar em casa a tempo de colocá-los na cama todas as noites.

Tudo isso para que dois meninos, que acabavam de perder a mãe e a irmã em um trágico acidente, soubessem que o mundo ainda estava girando.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: Indy100

ANÚNCIO