Autoridades alemãs concordam com bloqueio parcial para conter vírus

ANÚNCIO

A chanceler Angela Merkel diz que as autoridades alemãs concordaram com o fechamento de restaurantes, bares, cinemas, teatros e outras instalações de lazer por quatro semanas em uma tentativa de conter um aumento acentuado nas infecções por coronavírus.

Merkel e os 16 governadores de estado do país, responsáveis ​​por impor e abrandar as restrições, concordaram com o bloqueio parcial em uma videoconferência na quarta-feira. 

ANÚNCIO

Está definido para entrar em vigor na segunda-feira e durar até o final de novembro.

Autoridades alemãs concordam com bloqueio parcial para conter vírus
Foto: (Reprodução/ Internet)

Merkel disse: “Devemos agir, e agora, para evitar uma emergência nacional de saúde aguda.”

Lojas e escolas devem permanecer abertas, ao contrário do que aconteceu durante o fechamento da Alemanha durante a primeira fase da pandemia em março e abril. Os restaurantes poderão fornecer comida para viagem.

ANÚNCIO

Fique por dentro: O coronavírus se espalha pela Europa com casos recordes na Alemanha, Polônia e Holanda

Merkel apelou às pessoas para não fazerem viagens desnecessárias e disse que os hotéis não serão capazes de acomodar pessoas em viagens turísticas.

Autoridades alemãs concordam com bloqueio parcial para conter vírus
Foto: (Reprodução/ Internet)

A decisão veio horas depois que a agência de controle de doenças da Alemanha disse que um recorde de 14.964 novos casos confirmados foram registrados em todo o país no dia anterior, elevando o total nacional na pandemia para 449.275.

Veja também: Europa sofre com COVID-19, o Reino Unido sofre ainda tem problemas severos com a doença.

A Alemanha, que tem 83 milhões de pessoas, também registrou 27 mortes relacionadas a vírus, aumentando seu número total de mortes para 10.098, disse o Instituto Robert Koch na quarta-feira.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: APNews

ANÚNCIO